São Paulo vence o São Bernardo e garante liderança

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Mesmo com o time reserva, o São Paulo derrotou o São Bernardo por 1 a 0 nesta quarta-feira (29), no Estádio 1º de Maio, em São Bernardo do Campo. Para completar a festa, a equipe tricolor acabou com uma sequência de 13 confrontos levando gols. Curiosamente, esse foi o primeiro duelo do São Paulo neste Campeonato Paulista em que o time não foi vazado.

Graças à vitória do Corinthians por 3 a 1 sobre o Linense e o resultado positivo, o tricolor garantiu a primeira colocação no Grupo B do estadual. Além de se classificar para as quartas de final na liderança, o técnico Rogério Ceni tem mais um motivo para comemorar. Este foi a o primeiro triunfo tricolor após uma sequência de cinco jogos (quatro empates e uma derrota).

Por outro lado, o São Bernardo, com apenas dez pontos, terminou a primeira fase na lanterna do Grupo A e foi rebaixado para a Série A-2 do estadual.

A rodada desta quarta-feira definiu os oito classificados para as quartas de final do Campeonato Paulista. Os confrontos terão Palmeiras x Novorizontino; Corinthians x Botafogo-SP; São Paulo x Linense e Santos x Ponte Preta.

Os quatro clubes de maior expressão, por liderarem as respectivas chaves, possuem o mando de campo do segundo jogo das quartas; os duelos da semifinal serão conhecidos apenas após a realização dos jogos.

O mais bem colocado, somando-se os pontos de todas as fases, vai enfrentar a equipe com a quarta melhor colocação. Os horários e datas serão definidos nesta quinta-feira (30), depois de reunião na Federação Paulista de Futebol.

DESCANSO

Preocupado com a maratona de jogos, o técnico Rogério Ceni poupou os seus titulares. O treinador ainda teve os desfalques de Sidão (lombalgia), Bruno (entorse no tornozelo direito), Lucas Fernandes (estiramento no músculo superior da coxa esquerda), Wellington Nem (suspenso) e dos selecionáveis Buffarini, Lucas Pratto e Cueva (que disputaram as Eliminatórias para a Copa do Mundo na véspera contra o São Bernardo).

Com tantas mudanças, o técnico mudou o esquema tático do 4-3-3 para o 3-5-2. Outra novidade foi o retorno de Wesley, que se recuperou de artroscopia no joelho direito. "Tentei priorizar a recuperação dos atletas nesta sequência dura de jogos e aproveitar para observar alguns jogadores", justificou Ceni.

O São Paulo ainda não sabe se poderá utilizar Cueva nas quartas de final do Campeonato Paulista. Com dores na coxa esquerda, o peruano deixou o campo mais cedo na partida de terça-feira (28) contra o Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. O jogador desembarca no Brasil nesta quinta-feira e será avaliado pelo Tricolor.

"Ele vai chegar no Brasil amanhã (quinta-feira) de manhã. Ele já teve uma conversa com os dirigentes do clube, deu algumas informações. Já combinamos com ele de fazer uma avaliação e um exame. Ele passou a informação que não deve ser nada sério, mas o que define é o exame. Músculo é sempre algo difícil de prever", disse o médico do clube, José Sanchez.

Como tinha a necessidade de buscar os três pontos para tentar fugir do rebaixamento, o São Bernardo partiu para o ataque desde o início do jogo. A melhor oportunidade aconteceu aos sete minutos, quando Alyson arriscou e Denis fez a defesa. No rebote, na entrada da área, Geandro acertou um belo chute que estourou na trave. Mesmo com tantos desfalques e com dificuldade na criação, o tricolor soube equilibrar as ações e teve chance de chegar ao gol na primeira etapa.

O árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo preferiu poupar os cartões e o São Bernardo não mediu esforços para acabar com as jogadas do São Paulo. Desta maneira, os jogadores do São Paulo sofreram com o excesso de faltas do adversário. O argentino Chávez foi um dos principais alvos dos donos da casa.

Para tentar reforçar a equipe, Rogério Ceni promoveu algumas mudanças no segundo tempo. Cícero substituiu Douglas, Neilton entrou no lugar de Wellington, enquanto Gilberto pegou a vaga de Chávez.

As mudanças do São Paulo deram o resultado esperado. Aos 40 minutos do segundo tempo, Cícero começou o contragolpe e tocou para Wesley, que mandou para Shaylon na direita. O meia chutou, depois Wesley tentou. No segundo rebote do goleiro, Gilberto mandou para o fundo das redes.

SÃO BERNARDO

Daniel; Edimar, Anderson Conceição e João Francisco (Willian); Eduardo (Fellipe Mateus); Geandro, Alyson (Rodolfo), Rafael Costa e Walterson; Marcinho e Edno

T.: Sérgio Vieira

SÃO PAULO

Denis; Lucão, Lugano e Douglas (Cícero); Araruna, João Schmidt, Wellington (Neilton), Wesley e Júnior Tavares; Shaylon e Chávez (Gilberto)

T.: Rogério Ceni

Estádio: 1º de Maio, em São Bernardo do Campo (SP)

Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo

Cartões amarelos: Edimar, Willian, Anderson Conceição (SBE); Douglas (SAO)

Gol: Gilberto, aos 40 min do 2º tempo