São Paulo vence o Palmeiras e fecha boa sequência antes da Libertadores

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Quarta vitória consecutiva em sete dias e segundo triunfo em clássicos para Hernán Crespo. O São Paulo tem motivos para comemorar. Nesta sexta-feira (16), em jogo atrasado pela 5ª rodada do Campeonato Paulista, a equipe tricolor venceu o Palmeiras no Allianz Parque por 1 a 0, gol de Pablo, e fechou uma boa sequência de triunfos antes de sua estreia na Copa Libertadores. Os são-paulinos, que desde a retomada do Estadual venceram também São Caetano, Red Bull Bragantino e Guarani, estreiam no torneio continental na próxima terça (20), contra o Sporting Cristal (PER), no Peru. O Choque-Rei marcou o primeiro encontro de Crespo com Abel Ferreira no futebol brasileiro. Como jogadores, eles se enfrentaram apenas duas vezes na carreira, ambas pela Champions League 2006/2007 -o argentino pela Inter de Milão, e o português, pelo Sporting. Cada um somou uma vitória naquele torneio. Nesta sexta, quem levou a melhor foi o treinador tricolor, que venceu o seu segundo clássico desde que chegou ao Morumbi. Pela 3ª rodada, o São Paulo já havia goleado o Santos por 4 a 0. Com time titular após ter poupado contra o Guarani, o time são-paulino ficou mais com a bola no Allianz, mas levou pouco perigo no primeiro tempo ao gol de Vinicius Silvestre, que substituiu Weverton na equipe alviverde. O Palmeiras que entrou em campo no Choque-Rei, aliás, não tinha nenhum jogador que iniciou o confronto com o Defensa y Justicia (ARG), na última quarta (14). Depois da sequência de decisões na Supercopa do Brasil e na Recopa Sul-Americana, Abel decidiu dar descanso aos titulares. A melhor oportunidade da etapa inicial veio logo no início da partida, com Luciano. Daniel Alves, escalado como ala pela direita, foi à linha de fundo e cruzou na medida para o camisa 11, que cabeceou, livre de marcação, à direita do gol. O São Paulo conseguia roubar a bola do rival no campo de ataque com facilidade, mas não transformou essas recuperações em chances de marcar. Até que no segundo tempo, a equipe seguiu pressionando o Palmeiras na saída e, com nova roubada de bola no ataque, decidiu o clássico. Vinicius Silvestre saiu rasteiro com Gustavo Scarpa, que tentou o passe e foi desarmado por Daniel Alves. O camisa 10 são-paulino invadiu a área pela direita e cruzou rasteiro para Pablo marcar, aos 16 minutos da etapa final. Com a vitória, o clube do Morumbi foi a 19 pontos na liderança do Grupo B. A Ferroviária, vice-líder, tem 10 pontos, mas três partidas a menos que o São Paulo. O Palmeiras, segundo colocado no Grupo B com 8 pontos (o líder Bragantino tem 14 e dois jogos a mais), volta a campo no domingo (18), contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto, pelo Campeonato Paulista. Já o São Paulo se concentra em sua estreia na Copa Libertadores. A equipe, que na última edição do torneio foi eliminada ainda na fase de grupos, vai ao Peru enfrentar o Sporting Cristal (PER). PALMEIRAS Vinicius Silvestre; Danilo Barbosa, Kuscevic e Alan Empereur; Mayke (Gustavo Garcia), Felipe Melo (Patrick de Paula), Zé Rafael e Victor Luis; Gustavo Scarpa (Fabinho), Willian (Rafael Elias) e Luiz Adriano (Wesley). Técnico: Abel Ferreira SÃO PAULO Tiago Volpi; Arboleda, Bruno Alves e Léo; Dani Alves, Luan, Rodrigo Nestor (Liziero), Igor Gomes (Eder) e Reinaldo; Luciano (Martín Benítez) e Pablo (Vitor Bueno). Técnico: Hernán Crespo Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP) Árbitro: Raphael Claus Assistentes: Fabrini Bevilaqua Costa e Alex Ang Ribeiro VAR: Vinícius Furlan Cartão amarelo: Felipe Melo e Fabinho; Rodrigo Nestor Gol: Pablo, aos 16min do 2º tempo