São Paulo vence Bragantino e ganha moral para maratona no Paulista

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em sua segunda partida em três dias, o São Paulo venceu o Red Bull Bragantino por 1 a 0, nesta segunda-feira (12), no Morumbi, em jogo válido pela 7ª rodada do Campeonato Paulista. Leo Ortiz, contra, marcou o gol do triunfo são-paulino, que soma sua quarta vitória no Estadual. Agora, a equipe tricolor soma 13 pontos na liderança do Grupo B. A Ferroviária, com 7 (mas dois jogos a menos), está na segunda colocação. Ainda nesta semana, o time do técnico Hernán Crespo terá mais dois compromissos pelo Paulista: Guarani, na quarta (14), e Palmeiras, na sexta (16). No triunfo sobre o Bragantino, o treinador argentino mandou a campo praticamente a mesma equipe que goleou o São Caetano por 5 a 1 na última sexta (9). A única alteração foi a entrada de Luan no lugar de Igor Gomes. Na primeira etapa, o São Paulo ficou com o domínio da bola e não foi ameaçado pelos visitantes, mas também não conseguiu transformar a posse em chances claras de gol. A maioria das jogadas da equipe surgiu pelo lado esquerdo, com Reinaldo. O lateral, aproveitando a formação com três zagueiros e a presença de Léo, que conduz a bola e inicia as jogadas desde o fundo, se posicionou adiantado pela esquerda, às vezes recebendo a bola como um ponta. Pablo, em remate com o lado de fora do pé que saiu à esquerda do gol de Cleiton, teve a melhor oportunidade do time no primeiro tempo. Na etapa final, o Bragantino procurou jogar mais no campo de ataque do São Paulo e tentou abrir o placar, principalmente em chutes de fora da área, mas sem perigo para Tiago Volpi. Com o 0 a 0, Hernán Crespo mandou a campo Luciano, desfalque na última sexta, e o ítalo-brasileiro Éder, que havia marcado um dos gols da vitória sobre o São Caetano. A combinação entre os dois atacantes originou o gol da vitória tricolor. Daniel Alves iniciou o contra-ataque e acionou Luciano. O camisa 11 viu Reinaldo entrando pela esquerda e tocou no lateral, que cruzou para o meio da área. Heitor saiu para cortar e espalmou no pé de Leo Ortiz, que desviou para dentro da própria meta, aos 25 do segundo tempo. Para enfrentar a maratona, a comissão técnica são-paulina, que optou por utilizar os titulares contra o Bragantino, deverá usar uma equipe com mais alterações para enfrentar o Guarani, na quarta-feira. A expectativa é que o time titular volte para o clássico com o Palmeiras, na sexta, no Allianz Parque. SÃO PAULO Volpi; Arboleda, Bruno Alves e Léo; Igor Vinicius (Igor Gomes), Luan, Rodrigo Nestor (Galeano), Daniel Alves e Reinaldo; Rojas (Luciano) e Pablo (Eder). T.: Hernán Crespo RED BULL BRAGANTINO Cleiton; Aderlan, Fabricio Bruno, Léo Ortiz e Edimar; Raul, Lucas Evangelista (Pedrinho) e Claudinho; Vitinho (Cuello), Artur (Leandrinho) e Ytalo (Hurtado). T.: Maurício Barbieri Estádio: Morumbi, em São Paulo (SP) Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse, Daniel Paulo Ziolli e Thiago Duarte Peixoto VAR: Marcio Henrique de Gois Cartões Amarelos: Reinaldo, Daniel Alves, Léo, Eder e Luciano (SAO); Cuello e Hurtado (RBB) Gol: Léo Ortiz (contra, SAO), aos 25'2ºT