São Paulo vence 3ª seguida no Brasileiro em reencontro com Hernanes

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pela primeira vez, Hernanes e São Paulo estiveram em lados opostos de um mesmo gramado.

Na última partida deste domingo (22), o time de Hernán Crespo venceu o Sport, por 1 a 0, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Clique aqui e simule os confrontos do Campeonato Brasileiro Hernanes chegou ao São Paulo aos 16 anos, vindo do pernambucano Unibol. Foi bicampeão brasileiro pelo clube (20087 e 2008), onde ficou até 2010, quando foi vendido para a Lazio, da Itália.

Após anos na Europa e na China, voltou ao Morumbi primeiro em 2017, quando ajudou a equipe tricolor a escapar do rebaixamento no Nacional. Saiu e retornou novamente em 2019, até se despedir do clube em julho deste ano.

Nesta última passagem, esteve no elenco que conquistou o Campeonato Paulista.

Foi para o Sport, na primeira vez que defendeu um time profissional da cidade em que nasceu. Estreou no último jogo, derrota por 2 a 0 contra o Flamengo.

Neste domingo, teve a experiência de enfrentar o ex-clube, no que foi também sua primeira chance como titular da nova equipe.

Na Ilha do Retiro, ele viu Pablo marcar o único gol da partida logo aos 4 minutos de jogo. O ex-são-paulino teve uma boa chance de empatar, em falta próxima à área. Finalizou de esquerda, mas o chute acertou um companheiro de sua própria equipe.

O time paulista tenta, nos torneios nacionais, se recuperar da traumática derrota por 3 a 0 para o Palmeiras, na Copa Libertadores.

Além de custar a eliminação do clube do Morumbi, o revés marcou a primeira vitória do rival alviverde sobre os tricolores no torneio continental.

Pelo Brasileiro, a equipe vem em ascensão, após iniciar o campeonato com uma sequência de nove jogos sem vencer.

Agora, o time de Hernán Crespo chegou à sua terceira vitória seguida (antes, bateu Athletico e Grêmio, ambos por 2 a 1) e ao quarto jogo sem derrotas, série que tirou o time da zona de rebaixamento.

Aos 27 minutos da etapa final, o treinador ainda viu o retorno aos gramados do atacante Luciano. Aos 31, viu o meia argentino Benítez também voltar campo após se recuperar de lesão.

Em 17 rodadas, o São Paulo alcança a 12ª posição na tabela, com 21 pontos. Consegue, enfim, equilibrar seu retrospecto no Nacional: tem 6 vitórias, 6 empates e 6 derrotas.

Já na Copa do Brasil, tenta um título inédito na sua história. Na próxima quarta-feira (25), às 21h30 (de Brasília), encara o Fortaleza no Morumbi, pelo jogo de ida das quartas de final da competição.

Volta a campo pelo Brasileiro no próximo domingo (29), às 16h, fora de casa contra o Juventude. Depois, no fechamento do primeiro turno, encara o América-MG. Ambas as equipes estão na parte de baixo da tabela.

O próximo compromisso do Sport é contra a Chapecoense, pelo Nacional, às 17h do sábado (28).

SPORT

Mailson; Hayner, Sabino, Pedro Henrique e Sander (Chico); Marcão, José Welison (Thiago Neves) e Hernanes (Luciano Juba); Paulinho Moccelin, Everton Felipe (Mikael) e André. T.: Umberto Louzer.

SÃO PAULO

Tiago Volpi; Daniel Alves, Bruno Alves, Miranda e Léo; Liziero (Igor Gomes), Rodrigo Nestor e Vitor Bueno (Luan); Rojas (Diego), Rigoni (Benítez) e Pablo (Luciano). T.: Hernán Crespo.

Local: Ilha do Retiro, em Recife-PE

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)

Cartões amarelos: Paulinho Moccelin (Sport); Liziero (São Paulo) e Léo (São Paulo)

Cartões vermelhos: Nenhum

Gols: Pablo (São Paulo), aos 4 minutos do 1º tempo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos