São Paulo treina com intensidade e Diniz testa variações no time

São Paulo treinou mais uma vez no CT de Cotia, onde está concentrado (Foto: Alexandre Guariglia/Lancepress)
São Paulo treinou mais uma vez no CT de Cotia, onde está concentrado (Foto: Alexandre Guariglia/Lancepress)


O São Paulo treinou nesta manhã de segunda-feira no CT de Cotia, onde está concentrado nesta pré-temporada. Em mais um dia intenso de treinamentos, o grupo variou os exercícios e Fernando Diniz usou diversas formações durante a atividade, que marcou a primeira metade do expediente.

Após golear a Caldense por 6 a 1 em jogo-treino no último domingo, os jogadores tiveram a tarde livre e voltaram a treinar nesta segunda, em trabalho que foi aberto para a imprensa. No primeiro momento do treino, os jogadores deram trotes no campo principal do centro de treinamento, acompanhados pelos profissionais da preparação física do clube, que cobraram intensidade.

Em seguida, o atletas foram divididos em grupos de seis, que mantinham dois jogadores no meio de um quadrado e outros quatro em volta trocando passes. O objetivo era envolver o adversário sem ser desarmado.

Na sequência, Diniz comandou trabalho de cruzamentos para a área, focando tanto nos movimentos ofensivos quanto nos defensivos. Helinho e Liziero se destacaram com belos gols e conclusões precisas.





Por fim, com o pedido de desligamento das câmeras, o treinador voltou a dividir o elenco em dois times de 11 jogadores, utilizando apenas a metade do campo. O time com a bola tentava passar a linha divisória saindo de trás trocando passes. Enquanto a outra equipe tentava impedir a tentativa.

A formação do time considerado titular foi: Tiago Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Hernanes; Helinho, Vitor Bueno e Pablo. A outra equipe foi escalada assim: Lucas Perri; Igor Vinicius, Diego, Anderson Martins e Léo; Jucilei, Liziero e Shaylon; Toró, Brenner e Pato.

No entanto, várias alterações foram feitas, como Luan na zaga e Everton alternando entre o meio e a lateral esquerda no time titular. Já no reserva, Danilo e Fabinho, jovens promovidos da base tricolor revezavam no ataque. Tchê Tchê também foi testado na ala direita.

A atividade teve muita intensidade mesmo sob forte sol de Cotia. Houve cobranças da comissão técnica e entre os próprios jogadores, que pareceram muito bem fisicamente neste início de temporada. Daniel Alves era um dos que mais falavam com os companheiros pedindo atenção e intensidade.

O São Paulo volta a treinar nesta tarde, em trabalho fechado para a imprensa. Tudo isso de olho na estreia oficial em 2020 que será no dia 22 de janeiro, uma quarta-feira, às 21h30, contra o Água Santa, no Morumbi.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também