São Paulo visita o Bragantino e tenta mostrar força no Brasileiro

MARCOS GUEDES
·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Derrotado pelo Grêmio nas semifinais da Copa do Brasil, o São Paulo agora só tem uma tarefa dentro de campo. Neste começo de 2021, na reta final do calendário do futebol de 2020, o conjunto do Morumbi se concentra em proteger sua liderança isolada no Campeonato Brasileiro. Em sua primeira partida no ano, a equipe dirigida por Fernando Diniz vai enfrentar o Red Bull Bragantino nesta quarta-feira (6), no estádio Nabi Abi Chedid. O duelo terá início às 21h30 e transmissão da TV Globo. Com 56 pontos, o São Paulo tem sete de vantagem sobre Atlético-MG e Flamengo, este com um jogo a menos na tabela. Cumprir o papel esperado em Bragança Paulista será mais um passo importante na busca por um título que não vem faz tempo. Campeão brasileiro pela última vez em 2008, o clube tricolor anseia pelo fim do jejum. Só um troféu foi levantado na última década -o da Copa Sul-Americana de 2012-, e nova conquista está finalmente perto. Para permanecer no trilho da taça, o São Paulo espera evitar o abatimento pelo fracasso na Copa do Brasil. A equipe já havia sofrido eliminações duras no Campeonato Paulista, na Copa Libertadores e na Copa Sul-Americana, porém se vê forte para enfim comemorar com o troféu. "É erguer a cabeça, porque temos o Brasileiro pela frente. Aumentou a nossa pressão pelo título", afirmou o goleiro Tiago Volpi, confiante de que o time tenha força suficiente para suportar essa pressão. Do outro lado, estará uma equipe que vem de duas derrotas e ocupa a 13ª colocação da competição. Com 31 pontos, a formação de Bragança Paulista ainda luta contra o rebaixamento, embora tenha subido de produção no segundo turno. O JOGO No São Paulo, Luciano se recupera de uma inflamação na perna esquerda e não tem previsão para retorno aos gramados. O jogador tinha um cisto no local, e as dores se intensificaram na última semana, antes do jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, contra o Grêmio. Diante disso, ele não reúne condições de atuar. Pablo está no departamento médico por causa de uma lesão muscular no adutor da coxa esquerda. O centroavante sofreu o problema clínico durante a vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense em pleno Maracanã e faz tratamento no CT da Barra Funda. Outro problema no setor ofensivo é Toró, que foi diagnosticado com Covid-19 e ficará afastado por pelo menos dez dias. Com isso, Vítor Bueno deve ser o companheiro de Brenner no ataque. Outro desfalque do São Paulo no interior paulista é o volante Luan, que recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Fluminense. Os zagueiros Arboleda e Bruno Alves, os laterais Reinaldo, Igor Vinícius, Juanfran e Léo e os meias Gabriel Sara, Igor Gomes e Vitor Bueno estão pendurados. Já o Bragantino corre risco de rebaixamento para a Série B. O time do interior paulista soma 31 pontos e está apenas três à frente do Vasco, que é o primeiro time do grupo dos últimos quatro colocados. Para essa partida, o técnico Maurício Barbieri não poderá contar com o lateral esquerdo Luan Cândido, que está com Covid-19. RB BRAGANTINO Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger, Edimar; Raul, Lucas Evangelista, Claudinho; Cuello, Ytalo, Artur. T.: Maurício Barbieri SÃO PAULO Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda, Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves, Gabriel Sara, Igor Gomes; Brenner, Vitor Bueno. T.: Fernando Diniz Estádio: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP) Horário: 21h30 desta quarta-feira Juiz: Luiz Flávio de Oliveira (SP)