Thiago Motta atropela torcedor que protestava contra jogadores do PSG

Paris, 9 mar (EFE).- O volante Thiago Motta atropelou na noite desta quarta-feira um torcedor que foi ao aeroporto de Le Bourget para protestar contra os jogadores do Paris Saint-Germain após a eliminação nas oitavas de final da Liga dos Campeões com uma derrota para o Barcelona por 6 a 1 na Espanha.

O homem teve de ser internado no hospital de Saint-Denis por causa dos ferimentos leves que sofreu nas costas após ter sido atingido pelo carro do atleta brasileiro naturalizado italiano, segundo informações divulgadas nesta quinta pela emissora de rádio francesa "RMC Sport".

Cerca de 30 torcedores revoltados se deslocaram de madrugada ao aeroporto para esperar a delegação. Eles insultaram os jogadores e tentaram danificar seus carros. Os policiais presentes precisaram da ajuda dos seguranças particulares do clube para conter os manifestantes.

Depois de acertarem o veículo do zagueiro Marquinhos, parte do grupo rodeou o de Thiago Motta, que estava acompanhado da mulher. O que a rádio não deixou claro é se o atleta arrancou causando o atropelamento ou se o torcedor tentou se agarrar ao carro já em movimento. EFE