São Paulo sonda Flamengo por empréstimo de ponta, mas recebe negativa de cariocas

Tricolor acreditou que negócio sairia pela falta de espaço de Marinho (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


Com a chance de chegar a um acerto com David, do Internacional, cada vez mais remota, o São Paulo mirou suas atenções para outro alvo para reforçar seu ataque nesta reta final de pré-temporada: o ponta Marinho, do Flamengo.

Contratado junto ao Santos por cerca de R$ 7 milhões no início do ano passado, o jogador de 32 anos não vem encontrando o espaço que desejava na Gávea.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.


+ Vasco acerta com goleiro, Flamengo desiste de meia… o Dia do Mercado!
+ Confira as principais negociações do futebol nacional no Mercado da Bola do L!

Por conta disso, o Tricolor achou que uma negociação seria mais tranquila. Procurou o time rubro-negro e saiu com uma negativa, segundo apurou o LANCE!.

Inicialmente, o São Paulo sondou o clube da Gávea pelo empréstimo de uma temporada, pagando os salários do atacante.

O problema, para o Tricolor, é que o contrato de Marinho com a equipe rubro-negra vai até o final deste ano. E os cariocas não querem abrir mão de um atleta cujo vínculo está prestes a se encerrar.

Comprado para ser uma opção à ausência de Bruno Henrique, que se recupera de grave contusão, Marinho sequer era relacionado para as partidas com Paulo Sousa.

Sua situação melhorou com a chegada de Dorival Júnior, mas mesmo assim o camisa 31 rubro-negro esteve fora dos principais momentos flamenguistas no ano: foram apenas cinco jogos na Copa Libertadores e outros três na Copa do Brasil, competições conquistadas pela equipe da Gávea.

Ao todo, foram 43 partidas, seis gols e seis assistências pelo clube.

Conforme o L! apurou, a esperança são-paulina é a de que Marinho continue sem espaço na Gávea com o novo técnico Vitor Pereira para que possa abrir espaço para uma negociação.

As opções de jogadores de velocidade pelas pontas foi um pedido do técnico Rogério Ceni para reforçar o Tricolor nesta temporada. Até agora, já foram contratados com essa característica Marcos Paulo, Pedrinho e Wellington Rato.

O clube, contudo, procura uma opção que possa não só atuar nessa função como fazer as vezes de centroavante para eventual ausência de Calleri, tarefa que David e Marinho poderiam cumprir.