São Paulo sofre gol no fim, perde para o Atlético-GO e termina janeiro sem vitórias

Fábio Lázaro
·3 minuto de leitura


O São Paulo terminou o seu mês de janeiro sem vencer. Neste domingo (31), o Tricolor foi derrotado por 2 a 1 para o Atlético-GO, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 33ª rodada do Brasileirão. O Dragão, por sua vez, chegou a 45 pontos na competição e afastou qualquer possibilidade de rebaixamento para a segunda divisão.

Os goianos abriram o placar com o lateral-esquerdo Natanael, ainda no primeiro tempo, mas viu os são paulinos, com o também lateral pela canhota, Reinaldo, empatar no fim do primeiro tempo. Quando o jogo se encaminhava a igualdade, Vitor Peque aproveitou um contra-ataque construído por Janderson e assistência de Chico.

Com o revés, o Tricolor chegou a sétima partida sem vencer, seis pelo Brasileirão, e caiu para a quarta colocação no campeonato.

PRIMEIRO TEMPO MEDIANO

O primeiro tempo de Atlético-GO e São Paulo foi bem morno. O Tricolor teve mais volume de jogo, representado na posse de bola, muito embora o Dragão tenha mantido um momento de ímpeto ofensiva na etapa final, mas pouco conseguia criar oportunidades efetivas de gol. Com isso, o Soberano não fez valer a sua tradicional superioridade na posse de bola.

BLITZ ATLETICANA

Na metade do primeiro tempo, o Atlético-GO teve o seu grande momento nos primeiros 45 minutos, tomou o ímpeto da partida e foi nessa faixa do jogo que conseguiu abrir o placar, com Natanael aproveitando um escanteio que passou por toda extensão da área e sobrou para o lateral-esquerdo encher o pé, a bola desviou em Arboleda e matou o goleiro Tiago Volpi.

SÃO PAULO EMPATA

Ainda que com muita dificuldade na criação e errando muitos passes, o Tricolor ainda conseguiu levar um empate ao vestiário. Aos 41 minutos do primeiro tempo, Igor Gomes, melhor atleta são paulino na etapa inicial, fintou um marcador pelo lado esquerdo e serviu para Reinaldo encher o pé, estufando as redes do goleiro Jean, do Dragão.

ATLÉTICO ABUSA DE PERDER GOLS...

Diferentemente do primeiro tempo, onde marcou na única finalização no gol, o Dragão abusou de desperdiçar oportunidades no segundo tempo. Time criava chances, mas pecava nas definições.

...MAS ENCONTRA VITÓRIA NO FIM

Quando a partida parecia estar encaminhada para o empate em 1 a 1, o Dragão aproveitou uma subida são paulina ao ataque e contra-atacou com Janderson, que serviu Chico, que tocou para o meio da área e Vitor Leque completou. Gol com o dedo do técnico Marcelo Cabo, já que tanto o autor do gol, quando o da assistência, saiu do banco de reservas.

SÃO PAULO PERDEU A MELHOR CHANCE

Se o Atlético-GO abusou de perder gols, o São Paulo desperdiçou a melhor chance da etapa final, quando Luciano recebeu um cruzamento pela esquerda e livre, na pequena área, tentou tirar do goleiro adversário, que ficou parado, mas a bola bateu na trave.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 1 x 1 SÃO PAULO


Local: Antônio Accioly, Goiânia (GO)
Data e horário: 31 de janeiro de 2021 (domingo), às 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA/GO)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha Batos (BA) e Jhonny Barros de Oliveira (SC)
Árbitro de vídeo: Wagner Reway (PB)
Gols: 1-0 Natanael (21'/'T); 1-1 Reinaldo (41'/2T); 2-1 Vitor Leque (42'/2T)
Cartões amarelos: Zé Roberto e William Maranhão (Atlético-GO); Diego Costa (São Paulo)

ATLÉTICO-GO: Jean; Dudu, João Victor, Éder e Natanael; William Maranhão, Marlon Freitas e Matheus Varga; Janderson, Zé Roberto e Wellington Rato. Técnico: Fernando Diniz

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara (Vitor Bueno, intervalo) e Igor Gomes (Pablo; Brenner e Luciano. Técnico: Fernando Diniz