São Paulo revê último rival de série 'perfeita'; veja números desde então

Alexandre Guariglia
LANCE!
São Paulo venceu o Athletico-PR no primeiro turno do Brasileiro(Foto: Matheus Meneses/MyPhoto Press/Lancepress!)
São Paulo venceu o Athletico-PR no primeiro turno do Brasileiro(Foto: Matheus Meneses/MyPhoto Press/Lancepress!)


O São Paulo vem de derrota para o Fluminense na 31ª rodada do Brasileirão-2019 e terá pela frente, neste domingo, o Athletico-PR, que traz ao Morumbi boas lembranças de um passado recente, em que os são-paulinos registraram uma sequência de cinco vitórias consecutivas, a maior do clube na temporada, e que, de quebra, mostrava força de retomada no campeonato.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

Ainda sob o comando de Cuca, pouco depois da volta da pausa para a Copa América, o Tricolor iniciou uma série de triunfos contra a Chapecoense (4 a 0), Fluminense (2 a 1), Santos (3 a 2), Ceará (1 a 0) e Athletico-PR (1 a 0), que havia sido adiado pois o time paranaense disputou a Levain Cup no Japão. Além da boa fase, os são-paulinos receberam o estrelado reforço de Daniel Alves.

​Naquela ocasião, o São Paulo subiu da nona para a quarta posição com a mesma pontuação de Palmeiras e Flamengo, e dois pontos a menos do que o Santos, então líder da competição. A vitória sobre o Furacão, fora de casa, indicava uma equipe que firmava definitivamente na briga pelo título brasileiro, mas os duelos a seguir acabaram mudando a perspectiva.

Nos dez jogos seguintes foram apenas três vitórias, quatro empates e três derrotas, sinal de oscilação que quebrou a empolgação. Além disso, houve uma troca de treinador: Cuca por Fernando Diniz, e o aumento da distância para o líder, que era de dois pontos na 15ª rodada e passou a ser de 15 na 25ª. Atualmente o Tricolor está 22 pontos atrás do Flamengo.

De lá para cá a oscilação continuou e a maior sequência de vitórias foi de apenas duas, contra Avaí e Atlético-MG, ambas no Morumbi. Agora, no reencontro com o Furacão, desta vez dentro de casa, o time de Fernando Diniz quer dar início a uma nova série positiva e afastar os altos e baixos, a fim de voltar ao G4 e a classificação direta na fase de grupos da Copa Libertadores.

São Paulo 100% de aproveitamento - do 9º ao 4º lugar na tabela
5 jogos e 5 vitórias (Chapecoense, Fluminense, Santos, Ceará e Athletico-PR)

Após vitória sobre o Athletico-PR - 22 pontos atrás do líder
​6 vitórias, 4 empates e 6 derrotas - 45,83% de aproveitamento
















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também