São Paulo renova com Perri e Júnior, goleiros formados em Cotia


O São Paulo renovou os contratos dos goleiros Lucas Perri e Denis Júnior, ambos formados em Cotia. Os salários e o tempo de vínculo da dupla foram atualizados.

Perri, 22 anos, tinha contrato até 30 de abril de 2022 e renovou até 31 de janeiro de 2023. Júnior, 21 anos, ficaria sem vínculo ao fim deste ano e ampliou seu compromisso até 30 de junho de 2022.

Lucas Perri chegou ao São Paulo em 2013, com 15 anos, é o reserva imediato da posição e soma três partidas como profissional. Ele estreou na vitória por 2 a 1 sobre o CSA-AL, na última rodada do Brasileirão de 2019, e disputou os dois últimos jogos antes da pausa das competições devido ao coronavírus: entrou no lugar de Volpi na vitória por 3 a 0 sobre a LDU, pela Libertadores, e foi titular nos 2 a 1 sobre o Santos, pelo Paulistão, após a confirmação da fratura na mão direita do camisa 1.



Júnior ainda não teve chance de atuar na equipe de cima. Ele chegou a Cotia em 2015 a neste ano deu um susto ao desmaiar durante treino no CT da Barra Funda. Após exames, não foi diagnosticado nenhum problema.

Agora, todos os goleiros do elenco profissional agora têm contratos longos. O titular Tiago Volpi foi comprado do Querétaro (MEX) no fim do ano passado e assinou até dezembro de 2023, enquanto Thiago Couto, outro revelado na base, renovou em 2019 até junho de 2022.

Outro jovem que renovou com o Tricolor nesta semana foi o atacante Danilo Gomes, que assinou até 31 de dezembro de 2021. O contrato dele terminaria no meio deste ano.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também