São Paulo renova com mais um e Bruno fica até dezembro de 2018

Depois de Cueva, Lucas Fernandes e Thiago Mendes, o São Paulo renovou nesta quinta-feira o contrato do lateral direito Bruno até 31 de dezembro de 2018 – o antigo acordo venceria no fim de 2017. O próximo passo do clube é estender os vínculos com o zagueiro Rodrigo Caio e com o atacante Luiz Araújo, ambos pratas da casa, e pilares do time treinado por Rogério Ceni.

Desde que chegou ao clube do Morumbi, em 2015, Bruno contribuiu com 14 assistências, sendo o líder desse quesito no elenco atual, seguido por Cueva, com nove, e Luiz Araújo, com oito. A assinatura do novo contrato traz motivos para o camisa 2 comemorar.

“Estou muito feliz com a renovação. É gratificante poder retribuir esta confiança de alguma forma, seja na busca pela excelência nos treinos ou nos jogos. Agradeço ao clube pela confiança, e isso passa por todos os funcionários, companheiros e torcedores”, celebrou o jogador de 31 anos, completamente adaptado ao Tricolor.

“Aqui é a minha casa, e por isso estou feliz de poder renovar o meu contrato com o São Paulo. Permanecemos mais tempo no clube do que com as nossas próprias famílias, então isso faz com que a gente crie um vínculo muito forte. Estou feliz e motivado para buscar uma temporada brilhante com os meus companheiros, e acredito que estamos no caminho certo sob o comando do Rogério”, acrescentou o atleta, que acumula 107 jogos pelo Tricolor, ficando atrás somente de Rodrigo Caio (210), Lugano (205) e Denis (169) no atual plantel.

No ano passado, ele foi o líder de assistências do elenco na temporada, com sete passes decisivos, empatado com Paulo Henrique Ganso, Michel Bastos e Kelvin. Em 2017, Bruno já contribuiu três vezes para que seus companheiros marcassem, sendo superado apenas por Luiz Araújo (cinco) e Cueva (quatro).

“Procuro retribuir o voto de confiança do clube dentro de campo. Minha meta é melhorar ainda mais, porque a cobrança aumentará. Meus companheiros me ajudam bastante, e tento contribuir com as assistências e na marcação. O Rogério tem um estilo de jogo bem definido e sigo as determinações dele para mostrar o meu futebol. Pretendo evoluir ainda mais para que a gente possa formar um time forte na briga por títulos”, concluiu.