São Paulo quita dívida de R$ 25 milhões com Dínamo de Kiev por Tchê Tchê

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O São Paulo terminou de quitar a dívida de R$ 25 milhões que tinha com o clube Dínamo de Kiev relativa à contratação do jogador Tchê Tchê em 2019. A equipe paulistana pagou cerca de 3 milhões de euros ao time ucraniano. O atleta atualmente está emprestado para o Atlético-MG.

Como o jornal Folha de S.Paulo antecipou no fim de maio, uma parcela de R$ 12,5 milhões já havia sido paga e a outra metade seria depositada em breve.

A quitação da dívida foi definida como prioritária pelo presidente do clube, Julio Casares, ao assumir o cargo em janeiro deste ano. O time ucraniano já havia acionado o São Paulo junto à Fifa e ao Tribunal Arbitral do Esporte por ignorar as tentativas de acordo e cobranças do valor.

A nova gestão, então, tentou um novo acordo com o Dínamo, que se mostrou irredutível frente à demora da equipe paulistana em resolver o problema. Em janeiro, a Fifa e o tribunal determinaram que o São Paulo efetuasse o pagamento da dívida até o dia 5 de junho deste ano --o que deveria ser feito para evitar punições que impediriam o clube tricolor, por exemplo, de negociar a transferência de jogadores.

"Quase sofremos sanções. Tiramos a espada da cabeça", afirmou Casares em entrevista à reportagem.

"Quando cheguei aqui [em janeiro], tinha cara batendo na porta, era oficial de Justiça, era penhora, bloqueio". "A nossa dívida era de R$ 580 milhões. Do total, R$ 70 milhões eram de curtíssimo prazo. Imagina sentar nessa cadeira [e pensar]: como é que eu pago?", contou ele.

"E nós equacionamos. Algumas [pendências] já quitamos, outra parcelamos, tiramos do curtíssimo para o médio e o longo prazo. Desafogou. Montamos um time bom. Contratamos um técnico [Hernán Crespo] e uma comissão técnica excelentes. Estamos caminhando."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos