São Paulo prepara reformulação no elenco e ídolo deve sair do clube

LANCE!
·4 minuto de leitura


O São Paulo caiu na tabela do Brasileirão após longa sequência sem vitórias, fazendo com que o título, que ficou tão próximo em um momento da temporada, seja apenas uma possibilidade remota. Dessa forma, o clube passa por um processo de reformulação, que iniciou com a saída de Fernando Diniz, mas que, segundo informações da ESPN Brasil, deve se estender para o elenco.


São Paulo despencou na tabela! Veja a posição do Tricolor no Brasileirão!

Para substituir o treinador, o clube negocia com o argentino Hernán Crespo e, quanto à reformulação do elenco, uma barca de jogadores deve deixar o clube, inclusive o ídolo Hernanes.

De acordo com a apuração da ESPN Brasil, a diretoria prepara grandes mudanças no elenco, resultando na saída de vários jogadores, desde os emprestados aos que estão no clube mas não deram retorno o suficiente ao time.


Hernanes, ídolo do Tricolor, deve aceitar uma saída por comum acordo, aos 35 anos de idade. O clube pretende não manchar a história do meia dentro do São Paulo com uma eventual "saída pela porta dos fundos.

O meio-campista tem contrato até o fim de 2021, porém já cogitou deixar o São Paulo no final de 2019, sendo convencido por Fernando Diniz a ficar no Tricolor. Porém, dessa vez, o pouco envolvimento nas partidas e o momento delicado do clube são fatores que indicam o possível fim desta passagem de Hernanes.

MAIS SAÍDAS

Muitas outras saídas são cogitadas pela diretoria, entre elas as saídas dos atacantes Tréllez, Gonzalo Carneiro e Rojas, por diferentes motivos.

Rojas não joga há mais de dois anos pela equipe, tendo atuado pela última vez em outubro de 2018. O atleta assinou um contrato de produtividade até o fim de fevereiro, que tinha, entre outras cláusulas, a determinação de que, caso jogasse 40% das partidas do time, o contrato seria renovado automaticamente. Mesmo sendo relacionado, o equatoriano não esteve em campo em nenhum jogo, o que deve levar ao fim de seu ciclo no São Paulo.

Carneiro, por sua vez, tem contrato até o fim de 2021, mas a diretoria deve não assinar novamente com o atleta, uma vez que é pouco utilizado em campo e possui um histórico de problemas fora dele.

Quanto a Tréllez, mesmo que tenha bom relacionamento com os colegas de equipe, o atleta jogou ainda menos que Carneiro. O atacante, recentemente, recusou ofertas do Goiás e do Atlético-GO, visando uma briga por espaço no elenco são-paulino, o que não ocorreu.

Outro estrangeiro que também deve deixar a equipe é o lateral-direito Juanfran. Contratação de destaque em 2019, o espanhol jogou muitas vezes sob o comando de Fernando Diniz, sendo até procurado para renovar o contrato, que vence no final de fevereiro. Entretanto, de acordo com a ESPN Brasil, o ex-Atlético de Madrid, que já tem 36 anos, é tido como um jogador caro demais pela nova gestão, logo deve deixar a equipe.


Alguns atletas emprestados como, por exemplo, o volante Hudson, devem rescindir de uma vez por todas com a equipe. Atualmente no Fluminense. o jogador chegou a ser capitão do Tricolor no fim de 2018 e no início de 2018 e ainda possui 10 meses de contrato. Por não fazer parte dos planos do São Paulo, deve ser liberado, aliviando a folha salarial.

Outros atletas que retornarão ao clube, ainda no início de 2021, após o fim do Campeonato Brasileiro são: o meio-campista Shaylon, atualmente no Goiás, o goleiro Jean, no Atlético-GO, e o lateral-esquerdo Júnior Tavares, no Sport. A diretoria ainda não possui um futuro definido para o trio.

A direção enxerga com bons olhos, também, a possibilidade de lucrar com duas possíveis vendas ao mercado nacional ou internacional. Uma delas é a venda do zagueiro equatoriano Arboleda, que é alvo do Atlético-MG não possui um bom relacionamento com parte da torcida tricolor após polêmicas recentes. A outra venda pe a do goleiro reserva Lucas Perri.

Atualmente na quarta colocação do Campeonato Brasileiro com 58 pontos, o São Paulo ainda está matematicamente vivo na briga pelo título, tendo cinco compromissos por vir. A equipe enfrenta o Ceará no Morumbi, nesta quarta-feira (10), às 21h.