São Paulo passa a ter a maior média de gols do futebol brasileiro em 2020 empatado com o Flamengo

André Schmidt
·1 minuto de leitura


Apenas uma derrota nos últimos 14 jogos. Terceiro colocado no Campeonato Brasileiro com três jogos a menos e apenas dois pontos atrás do líder. Classificado às semifinais da Copa do Brasil vencendo os dois jogos sobre o atual campeão da Libertadores e do Brasileirão. O São Paulo, sem dúvida alguma, vive o seu melhor momento na temporada.

Questionado muitas vezes por montar uma equipe ofensiva, que criava muitas chances mas não conseguia convertê-las, Fernando Diniz vem encontrando o equilíbrio no São Paulo. Além de sofrer menos gols - tem a defesa menos vazada do Brasileiro -, o time passou a ser mais eficiente no ataque. Com o 3 a 0 sobre o Flamengo, nessa quarta-feira, a equipe chegou a 80 bolas na rede em 43 jogos na temporada, o que lhe dá uma média de 1,86 gols por partidas. É exatamente o mesmo aproveitamento do Rubro-Negro Carioca, que vinha liderando a estatística desde o ano passado. Nas últimas dez atuações do Tricolor, foram 27 tentos, passando em branco apenas no 0 a 0 com o Grêmio.

A evolução passa também pelo bom momento individual de alguns jogadores. Brenner, antes reserva, marcou 13 gols nas últimas 13 partidas em que esteve em campo. Luciano, um dos destaques da classificação na Copa do Brasil, fez quatro em dois jogos. Números que colocam o São Paulo de Diniz como um dos postulantes a títulos no Brasil em 2020.

MAIORES MÉDIAS DE GOLS EM 2020
- Times da Série A

1º - São Paulo - 1,86 g/j
Flamengo - 1,86 g/j
​3º - Atlético-MG - 1,73 g/j
4º - Palmeiras - 1,63 g/j
5º - Fluminense - 1,50 g/j