'São Paulo não tem mais nada do Diniz, por isso melhorou', dispara Renato Maurício Prado

·1 minuto de leitura


O São Paulo acabou com os memes dos rivais sobre a seca de títulos do clube na tarde deste domingo ao conquistar o campeonato paulista - 41º taça da carreira de Daniel Alves, elogiado pela Fifa. Diante do feito Tricolor, o jornalista Renato Maurício Prado encontrou, em live pós-jogo do 'Uol Esporte', uma explicação para a 'melhora' do time do Morumbi sob o comando de Crespo.

+ Vai começar! Veja os confrontos da rodada 1 do Paulistão

- O São Paulo não tem mais nada do Diniz, por isso melhorou. Se tivesse algo a ver, não tinha ganhado coisa nenhuma. O Crespo mudou completamente a forma de jogar. O time dele é muito mais objetivo e muito mais eficiente do que o do Diniz. O Crespo começou com o pé direito. O trabalho dele sempre me agradou - analisou o jornalista.

Presente no papo, o jornalista ex-ESPN José Trajano relembrou algo no trabalho de Fernando Diniz, que atualmente comanda o Santos, que o angustiava.

- Me angustiava no Diniz aquela saída de bola que era irritante. Quantos gols o São Paulo tomou desse jeito? Agora não tem mais isso - afirmou.

- O trabalho do Crespo é exemplar. O São Paulo deu hoje uma demonstração de garra e de entusiasmo. Foi uma vitória de um time bem armado pelo Crespo - completou Trajano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos