São Paulo monitorará negociações de atletas revelados na base de olho em mecanismo de solidariedade da Fifa

·1 min de leitura
São Paulo tem grandes talentos revelados na base do clube (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)


O São Paulo iniciou uma parceria com a Rede do Futebol que pode potencializar o retorno financeiro pelos investimentos nas categorias de base. Isso porque a empresa possui um sistema capaz de detectar negociações que se enquadrem no Mecanismo de Solidariedade da Fifa.

Ele garante que o time formador tenha uma porcentagem das negociações envolvendo atletas que passaram por sua base. Sendo assim, por meio de um processo automatizado, a Rede do Futebol vai mapear todos os jogadores que já passaram pelas categorias infantis e juvenis do Tricolor e irá notificar o clube em caso de transações futuras.

Isso servirá para que o São Paulo tenha direito a todos os mecanismos de solidariedade. A última negociação em que o Tricolor teve direito ao valor foi a ida de David Neres ao Shaktar Donetsk, que rendeu entre R$ 2,2 milhões e R$ 3 milhões, aproximadamente.

Ao comentar sobre a parceria, o CEO da Rede do Futebol, Marcelo Nadler, exaltou o trabalho desenvolvido em Cotia para a formação de atletas.

- Para a Rede do Futebol, é uma honra muito grande ter essa parceria com o São Paulo Futebol Clube. É um clube gigante. É um prazer poder colaborar e ajudar um clube que investe tanto nas categorias de base - disse Marcelo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos