São Paulo marcou um gol no primeiro tempo de uma partida do Paulistão

Pedro Alvarez *
·3 minuto de leitura


O São Paulo é o time com mais gols no Campeonato Paulista de 2021, balançando as redes 10 vezes em somente quatro partidas. Com duas goleadas por 4 a 0 (contra a Inter de Limeira e o Santos), o time ocupa o posto de melhor ataque da competição. Um fato interessante, porém, é que apenas um dos gols foi marcado na primeira etapa da partida, além de quatro terem sido marcados nos últimos 15 minutos do jogo.


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA DO CAMPEONATO PAULISTA 2021


De acordo com um levantamento da página SPFC Estatísticas, o time marcou um gol nos primeiros 15 minutos de jogo, no goleada contra a Inter de Limeira, quando Gabriel Sara abriu o placar aos quatro minutos de jogo. Este foi o único gol da equipe na primeira etapa de alguma partida do Paulistão.

Dos nove gols marcados no segundo tempo, dois foram marcados nos primeiros 15 minutos, três foram marcados entre os 16 e os 30 minutos e quatro foram feitos dos 31 aos 45 minutos. Foram eles:

Primeiros 15 minutos da segunda etapa
- Gabriel Sara, contra o Santos, aos cinco minutos do segundo tempo (1-0);
​- Joao Rojas, contra o Novorizontino, aos 11 minutos do segundo tempo (1-1).

Dos 16 aos 30 minutos da segunda etapa
- Arboleda, contra o Botafogo-SP, aos 30 minutos do segundo tempo (1-1);
- Pablo, contra a Inter de Limeira, aos 17 minutos do segundo tempo (2-0);
- Luan Peres (contra), contra o Santos, aos 29 minutos do segundo tempo (2-0).

Dos 31 aos 45 (mais acréscimos) da segunda etapa
- Luciano, contra a Inter de Limeira, aos 31 minutos do segundo tempo (3-0);
- Joao Rojas, contra a Inter de Limeira, aos 47 minutos do segundo tempo (4-0);
​- Pablo, contra o Santos, aos 31 minutos do segundo tempo (3-0);
- Tchê Tchê, contra o Santos, aos 42 minutos do segundo tempo (4-0).

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

É possível interpretar os mesmos números de diferentes maneiras, mas uma visão possível, a partir destes dados, é que o time sobe muito de rendimento após os ajustes de Crespo no intervalo.

Em algumas partidas, como contra o Santos e o Novorizontino, o time veio a campo para o segundo tempo com grandes mudanças táticas, com a entrada de Rojas, que é ponta, no lugar de um dos três zagueiros, fazendo a equipe passar a jogar com três atacantes e uma linha de quatro jogadores na defesa.

Para um começo de trabalho, é normal que Crespo faça muitas alterações e teste diferentes formas de se jogador de acordo com o que as partidas demandam. É extremamente positivo para o São Paulo que o treinador consiga mexer bem na equipe, entendendo o que precisa ser melhorado e como levar a equipe ao caminho da vitória.

Inclusive, um dos jogadores que tem entrado na segunda etapa das partidas, o equatoriano Joao Rojas, já participou de três gols da equipe, balançando as redes duas vezes e dando um passe para gol. Ele está empatado na artilharia da equipe com Gabriel Sara e Pablo.

O São Paulo aguarda a definição da Federação Paulista de Futebol, junto do governo do Estado de São Paulo, para saber quando voltará a jogar pelo Paulistão, já que o campeonato pode ser paralisado por causa das medidas restritivas adotadas pelo governador João Dória no combate à Covid-19.

* Sob supervisão de Marcio Monteiro