São Paulo joga mal e empata sem gols com o Everton pela Sul-Americana

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
São Paulo jogou com um time alternativo no Chile (Foto: MARTIN BERNETTI / AFP)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O São Paulo empatou nesta quinta-feira (5) por 0 a 0 contra o Everton-CHI, em partida válida pela Copa Sul-Americana. A disputa foi realizada no estádio Sausalito, na cidade de Viña del Mar, no Chile. O Tricolor paulista deixou escapar a chance de se aproximar mais ainda das oitavas de final do continental.

GALERIA
> 200 dias para a Copa do Mundo: veja todos os estádios do Mundial do Qatar

TABELA
> Veja tabela da Copa Sul-Americana e simule os próximos confrontos

Partida começa com pequena confusão

Logo nos primeiros minutos da rodada, Riquelme acertou o são-paulino Marquinhos, que caiu em campo. Igor Vinícius não gostou do ocorrido e cobrou o adversário. O árbitro interviu e evitou com que a confusão ficasse maior.

Aos 14 minutos de jogo, a primeira chance da partida foi criada pelo Everton, que começou a atacar mais e arriscou uma finalização, defendida por Jandrei. Poucos momentos depois, Di Yorio tentou um chute ao gol, porém foi para fora.

São Paulo mostra dificuldade e não consegue criar grandes chances

O Tricolor paulista não conseguiu sair com tranquilidade e criar boas oportunidades de marcar. Com pressão dos jogadores do Everton, a equipe sentiu dificuldades com a saída de bola e com a construção de jogadas, além de ter errado alguns passes e desarmes.

Aos 22 minutos, Luciano tentou encontrar um espaço para atacar, mas logo a zaga chilena tirou. A primeira boa chance do São Paulo foi criada aos 30 minutos, quando Patrick conseguiu a posse de bola e tentou marcar, porém, mandou para cima do gol e desperdiçou a oportunidade.

Mesmo com a marcação de Everton, Luciano balança as redes, mas gol é anulado

Embora estivesse presente na área do Everton, o São Paulo sentiu algumas dificuldades para encontrar espaço com a forte marcação do rival.

Aos 37 minutos da partida, Luciano chegou a balançar as redes, porém foi marcado impedimento. Ainda sem VAR nesta fase da competição, o lance não foi analisado, mesmo que contestado pelo atacante e por Rogério Ceni.

Fora este lance e o de Patrick, o Tricolor não conseguiu avançar e cometeu muitos erros no primeiro tempo, o que deu algumas chances de contra-ataque para o time da casa. Ao fim da primeira fase da disputa, Cuevas chutou para o gol e Jandrei defendeu. Madrid também recebeu um cruzamento que assustou o goleiro.

Primeiro tempo terminou com um baixo rendimento do São Paulo, sem gols.

Segundo tempo começa mais movimentado em Viña del Mar

A segunda etapa da partida começou mais intensa. Logo aos dois minutos, Barroso finalizou de primeira, após uma cobrança de escanteio. A bola passou bem perto do gol, mas não entrou.

Aos quatro minutos, Everton criou uma das chances que mais colocou o São Paulo em perigo durante o duelo. Sozinho na área, Valenzuela recebeu um bom cruzamento, mas errou no chute e a bola foi para cima do gol.

São Paulo tenta atacar, mas perde chances

Aos 11 minutos, o Tricolor paulista conseguiu recuperar a posse de bola e tentou o contra-ataque. Rigoni conseguiu construir uma boa oportunidade, mas se atrapalhou e foi desarmado pela equipe rival.

Mesmo em meio aos erros de passe, que seguiram desde a primeira etapa, Luciano recebeu uma bola, arriscou, mas foi defendida pelo goleiro De Paul.

O ritmo seguiu parecido conforme o passar do tempo no Chile. O Tricolor paulista seguiu tentando se impor, mas com dificuldades para driblar a forte marcação do Everton.

Toró entrou dando uma movimentação diferente para o time, cruzou na área, mas não conseguiu a finalização. Aos 30 minutos, Gabriel Neves arriscou e mandou longe do gol. Rigoni, por sua vez, novamente apareceu aos 31 minutos, porém perdeu a bola na marcação.

Everton coloca perigo no São Paulo e pressiona

O Everton criou uma sequência de ataques perigosos perto dos 30 minutos do segundo tempo, além de apresentar uma superioridade em campo quando comparado ao São Paulo.

Aos 37 minutos, Di Yorio recebeu um passe, bateu de primeira, mas foi para fora. Aos 41, Cuevas cobrou uma falta que passou muito perto do gol e quase abriu o placar para a equipe.

Com um rendimento do São Paulo abaixo do esperado e sem impor perigo, a partida terminou com o placar em 0 a 0. O Tricolor volta a campo no domingo (8) contra o Fortaleza às 19h, na Arena Castelão. A partida será válida pelo Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

EVERTON-CHI 0 X 0 SÃO PAULO
Local: Estádio Sausalito, Vinã del Mar (Chile)
Data-Hora: 05/05/2022, às 19h15
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Auxiliares: Diego Bonfa (ARG) e Ezequiel Brailosky (ARG)
Público/Renda: Não divulgado
Cartões amarelos: Riquelme (EVE), Gabriel (SP), Léo (SP), Talles (SP)

EVERTON-CHI: De Paul; Medina, Barroso, Oyazún, Riquelme (Pedro Campos, 27´/2ºT), Valenzuela (Campos López, 35´/2ºT); Echeverría, Berríos, Madrid; Cuevas e Di Yorio. Técnico: Francisco Meneghini

SÃO PAULO: Jandrei; Igor Vinícius, Miranda, Léo e Reinaldo; Pablo Maia, Gabriel N. e Patrick (Talles, 20´/2ºT); Marquinhos (Toró, 20´/2Tº), Rigoni (Luizão, 42´/2ºT) e Luciano (Juan, 27´/2ºT). Técnico: Rogério Ceni.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos