São Paulo goleia, mas não se classifica para a Libertadores

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O São Paulo goleou o Goiás fora de casa neste domingo (13), por 4 a 0, mas não conseguiu se classificar para a Copa Libertadores do ano que vem.

Com vitória sobre o Santos por 2 a 0, também como visitante, o Fortaleza ficou com o oitavo lugar do Campeonato Brasileiro e a última vaga na fase preliminar do torneio internacional.

Com o topo da tabela definido antecipadamente, a principal atração desta última rodada do Brasileiro de 2022 era justamente a briga pelas últimas vagas na Libertadores.

Além do Fortaleza, também se garantiram na maior competição continental o Athletico-PR, com a última vaga direta na fase de grupos, e o Atlético-MG, via fase preliminar.

São Paulo, América-MG e Botafogo terão que se contentar com a ida à Copa Sul-Americana.

Em tarde de despedida do técnico Luiz Felipe Scolari, o Furacão garantiu a sexta e última vaga direta na fase de grupos da competição continental ao superar o Botafogo em um confronto direto.

A equipe paranaense venceu a carioca por 3 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), com gols de Adryelson (contra), Vitor Roque e Erick.

O alvinegro mineiro fez a sua parte para buscar a vaga direta, ao vencer o Corinthians fora de casa, na Neo Química Arena, em São Paulo. Vargas, de pênalti, fez o gol da vitória atleticana por 1 a 0 sobre o time paulista, que já tinha carimbado o passaporte para o torneio internacional.

A equipe do técnico Cuca, porém, torcia contra o triunfo do Athletico-PR para entrar no G-6. Já o Botafogo só dependia de si para se garantir na pré-Libertadores, e acabou ficando de fora com a derrota sofrida

A outra vaga na pré-Libertadores é do Fortaleza. O time nordestino ultrapassou Botafogo e América-MG na classificação ao vencer o Santos na Vila Belmiro, com gols de Thiago Galhardo e Moisés.

Esta será a segunda participação do Leão na história do torneio internacional. A classificação foi conquistada com uma campanha heroica no segundo turno, pois o time do técnico argentino Juan Pablo Vojvoda havia terminado a primeira parte do Brasileiro na última colocação da tabela.

O São Paulo precisava não apenas vencer o Goiás fora de casa como também torcer por uma combinação de outros resultados na rodada, o que não aconteceu.

O time do técnico Rogério Ceni fez a sua parte e derrotou os goianos, com gols de Galoppo, Luciano, Marcos Guilherme e Juan. Mas o saldo da rodada não favoreceu a equipe paulista. Durante as partidas, a combinação de placares chegou a ser benéfica para o tricolor por alguns minutos.

O América-MG, por sua vez, só dependia de si mesmo para ir à fase prévia da Libertadores, mas tropeçou em casa. Empatou com o Atlético-GO por 1 a 1, gols de Henrique Almeida e Dudu.

O time mineiro jogou com um homem a mais desde a expulsão de Willian Maranhão, aos 30 minutos do primeiro tempo, e chegou a fazer o segundo gol que valeria a classificação, já aos 50 da etapa final, mas o lance foi anulado pela arbitragem, por toque na mão.

Com o balanço final da rodada, estarão na Copa Sul-Americana do ano que vem São Paulo, América-MG, Botafogo, Santos, Goiás e Bragantino.

Na parte de baixo da tabela, faltava também a confirmação do último rebaixado à Série B. O Atlético-GO ainda lutava matematicamente para escapar da degola, mas precisava vencer o América-MG e tirar uma diferença grande no saldo de gols. Manteve-se na lista do descenso, que já tinha Ceará, Avaí e Juventude.

O título do Palmeiras já estava definido desde o dia 2 de novembro, com quatro partidas ainda por jogar. A equipe comandada pelo técnico Abel Ferreira faturou o campeonato nacional pela 11ª vez em sua história.

Além do alviverde, as vagas de Internacional, Fluminense, Corinthians e Flamengo na fase de grupos da próxima Copa Libertadores também haviam sido asseguradas com antecedência.

Mesmo assim, a última rodada ainda poderia render um bom dinheiro a mais nas contas dos clubes, de acordo com a ordem final na tabela. Mas as primeiras posições não se alteraram.

O Internacional confirmou com o vice-campeonato ao vencer o Palmeiras em casa por 3 a 0, com gols de Maurício, Alemão e Braian Romero. A premiação do campeão é R$ 45 milhões, e a do vice, de R$ 42,7 milhões (veja todos os valores abaixo).

A artilharia do Brasileiro 2022 ficou com Germán Cano (Fluminense), autor de 26 gols. O argentino tornou-se o maior goleador estrangeiro em uma edição do campeonato e também o recordista de gols em uma mesma edição nesta era dos pontos corridos com 20 clubes, iniciada em 2006.

O prêmio de maior "garçom" do campeonato vai para a estante de Gustavo Scarpa (Palmeiras), com 13 passes diretos para gols neste Brasileiro.

Classificação final e premiação do Brasileiro 2022

1 - Palmeiras: campeão e vaga direta na Libertadores (R$ 45 milhões)

2 - Internacional: vaga direta na Libertadores (R$ 42,7 milhões)

3 - Fluminense: vaga direta na Libertadores (R$ 40,5 milhões)

4 - Corinthians: vaga direta na Libertadores (R$ 38,2 milhões)

5 - Flamengo: vaga direta na Libertadores (R$ 36 milhões)

6 - Athletico-PR: vaga direta na Libertadores (R$ 33,7 milhões)

7 - Atlético-MG: vaga na pré-Libertadores (R$ 31,5 milhões)

8 - Fortaleza: vaga na pré-Libertadores (R$ 29,2 milhões)

9 - São Paulo: vaga na Sul-Americana (R$ 27 milhões)

10 - América-MG: vaga na Sul-Americana (R$ 24,7 milhões)

11 - Botafogo : vaga na Sul-Americana (R$ 19,3 milhões)

12 - Santos: vaga na Sul-Americana (R$ 18 milhões)

13 - Goiás: vaga na Sul-Americana (R$ 16,6 milhões)

14 - Red Bull Bragantino: vaga na Sul-Americana (R$ 16,2 milhões)

15 - Coritiba (R$ 15,7 milhões)

16 - Cuiabá (R$ 15,2 milhões)

17 - Ceará: rebaixado (sem premiação)

18 - Atlético-GO: rebaixado (sem premiação)

19 - Avaí: rebaixado (sem premiação)

20 - Juventude: rebaixado (sem premiação)