São Paulo enfrenta Racing, dando início ao mata-mata da Libertadores

·1 minuto de leitura


Nesta terça-feira (13), o São Paulo recebe o Racing, da Argentina, no Morumbi, às 21h30, pela primeira partida das oitavas de final da Libertadores. Mirando começar bem a fase de mata-mata, o Tricolor tem um adversário difícil pela frente na competição continental.


VEJA OS CONFRONTOS DAS OITAVAS DE FINAL DA LIBERTADORES DA AMÉRICA!

Esta é a primeira vez desde 2016 que o clube chega ao mata-mata do torneio. Desde então, o time ficou de fora da competição nos anos de 2017 e 2018, voltando ao torneio em 2019, quando foi eliminado ainda na pré-Libertadores, pelo Talleres, da Argentina.

Em 2020, o time se classificou para a Libertadores, jogando a fase de grupos. A equipe, porém, ficou em terceiro lugar do grupo, não indo para a fase de mata-mata e disputando a Sul-Americana.

Se quiser superar a campanha de 2016, o São Paulo terá pela frente uma missão difícil: chegar até a final da competição. Na Libertadores de 2016, o time chegou até as semifinais, onde caiu contra o Atlético Nacional, da Colômbia.

O Tricolor volta a reencontrar o Racing, adversário que enfrentou na fase de grupos desta Libertadores. Os times empataram em Avellaneda e os argentinos venceram no Morumbi.

A bola rola a partir das 21h30, no estádio do Morumbi e marca o início do mata-mata da Libertadores. Embalado após duas vitórias no Brasileirão, o São Paulo tem desfalques importantes, mas chega em bom momento.

Do outro lado, o Racing não jogo há mais de um mês. O último jogo da equipe argentina foi no dia 6 de junho, quando perdeu a final do Campeonato Argentino para o Colón, por 3 a 0.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos