São Paulo encara o Inter por primeira vitória no Brasileiro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois de nove rodadas sem uma única vitória no Campeonato Brasileiro, o São Paulo tenta reagir nesta quarta-feira (7), às 21h30, diante do Internacional, em Porto Alegre (RS), para não se afundar cada vez mais na tabela.

Em seu pior início de Nacional na história, o Tricolor ainda está longe da condenação inédita à Série B do Brasileiro, mas precisa abrir os olhos. Afinal, desde que o campeonato nacional por pontos corridos passou a ser disputado por 20 clubes, em 2006, em apenas 5 das 15 vezes nas quais as equipes que fizeram cinco pontos ou menos nos nove confrontos iniciais conseguiram se livrar da degola ao término da competição.

Esse número poderia ter sido maior se a Portuguesa, que melhorou após um péssimo início em 2013, não tivesse perdido quatro pontos no tapetão no polêmico caso Héverton, que levou a equipe à Série B.

Como a Lusa, Santa Cruz, América-RN, Avaí (três vezes), Atletico-PR, Atlético-GO, Joinville e Goiás não passaram dos cinco pontos até a nona rodada da Série A e desceram à segunda divisão do país.

Já Palmeiras (2006), Fluminense (2008), Atlético-GO (2010), Figueirense (2014) e Ceará (2018) tiveram um começo de Brasileirão ainda pior que o São Paulo neste ano, mas conseguiram escapar do rebaixamento. Por outro lado, nenhum deles ficou na metade de cima da tabela e nem sequer chegou perto de alcançar uma vaga na Libertadores na temporada seguinte, algo impensável para o torcedor tricolor há pouco mais de um mês.

Antes da estreia no Nacional, diante do Fluminense, a equipe do Morumbi descarregou um peso enorme ao vencer o Campeonato Paulista e encerrar uma fila de mais de oito anos sem conquistas. Mais que isso, o time comandado por Hernán Crespo entusiasmava com a bola nos pés e era capaz de dominar, mesmo sem Daniel Alves e Benítez, seus principais jogadores, o poderoso Palmeiras.

De lá para cá, porém, tudo desandou --foram cinco empates e quatro derrotas neste começo de Brasileiro.

Para buscar a reação imediata, o São Paulo conta com o retorno do zagueiro Arboleda, que retornou da seleção do Equador após a eliminação na Copa América.

"A gente não começou bem o Brasileirão, mas vão vir coisas boas", afirmou o beque, que pediu calma aos torcedores. "A gente vai se dedicar muito, vai se esforçar a cada jogo, dar a vida para conseguir os três pontos e ir em frente."

O argentino Hernán Crespo, recuperado de Covid-19, também volta a comandar o time do banco.

Com lesão na panturrilha esquerda, Miranda está fora.

INTERNACIONAL

Daniel; Saravia, Pedro Henrique, Bruno Méndez, Paulo Victor; Rodrigo Dourado, Johnny (Nonato), Mauricio, Patrick; Caio Vidal, Yuri Alberto. T.: Diego Aguirre

SÃO PAULO

Tiago Volpi; Arboleda, Bruno Alves, Léo; Daniel Alves, Luan, Liziero, Benítez, Reinaldo; Rigoni, Eder. T.: Hernán Crespo

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Horário: 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira (7)

Juiz: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Transmissão: Globo e Premiere

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos