São Paulo: Ceni terá 16 dias livres para ajustar o time

Eliminado do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil, o São Paulo só voltará a jogar no dia 11 de maio quando terá pela frente o jogo de volta da primeira fase da Sul-Americana, conta o Defensa y Justicia, da Argentina. A partir de amanhã, quando o grupo se reapresentará no CT da Barra Funda, o técnico Rogério Ceni terá 16 dias para fazer ajustes na equipe.

Entre os fundamentos que Ceni quer melhorar na equipe estão a vulnerabilidade da defesa e a deficiência na bola aérea tanto defensivamente quanto ofensivamente. Na visão do comandante, foram nove gols sofridos dessa maneira e apenas sete marcados.

Com relação ao grupo, Ceni espera a chegada de pelo menos mais dois jogadores que cheguem com potencial para serem titulares. Um seria para jogar com Cueva no meio-campo e outro para atuar no ataque pelos lados do campo.

Cueva Rogério Ceni São Paulo Ponte Preta Paulista 12022017

(Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC/Divulgação)

Por outro lado, com apenas mais duas competições na temporada (Copa Sul-Americana e Copa do Brasil), o elenco do São Paulo que atualmente conta com 33 jogadores deverá ser enxugado já que na visão de Ceni não é bom ter jogadores atuando pouco já que pode causar insatisfação no grupo. Além disso, com uma sequência mais leve de partidas, a necessidade de revezar as escalações já não será mais tão grande.

Alguns jogadores já devem sair no meio do ano, como João Schmidt, que tem vínculo apenas até junho e já assinou um pré-contrato com a Atalanta, da Itália. Chávez, que pertence ao Boca Juniors, também não deve ter seu empréstimo renovado.