São Paulo busca quebrar jejum contra o Grêmio por vantagem na semifinal

Gabriel Santos*
·2 minuto de leitura


O São Paulo busca quebrar um tabu contra o Grêmio na ida das semifinais da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (23), às 21h30, em Porto Alegre. O Tricolor não vence os gaúchos desde setembro de 2015, quando triunfou por 2 a 1, fora de casa. Pato e Rogério marcaram os gols do São Paulo, que era dirigido por Juan Carlos Osório.

Retrospectiva-2020: Das eliminações à esperança de um título… O ano do São Paulo

Desde então, foram quatro derrotas e quatro empates. Nesta temporada, as equipes se enfrentaram pelo primeiro turno do Brasileirão, no Morumbi e empataram por 0 a 0. Inclusive, o Grêmio é a equipe da Série A que está há mais tempo sem perder do Tricolor.

Além disso, faz três partidas que o São Paulo não marca gols no Grêmio. Nos últimos cinco jogos, foram somente dois gols marcados contra a equipe..

VEJA A TABELA DA COPA DO BRASIL

Para conseguir um bom resultado, o São Paulo aposta no momento da equipe, que perdeu apenas uma partida nos últimos catorze jogos. Além disso, o Tricolor é líder do Campeonato Brasileiro e lidera várias estatísticas na temporada. A esperança de gols são Brenner e Luciano, que marcaram nove dos dez gols da equipe no mata-mata nacional.

O presidente eleito Julio Casares está com a delegação em Porto Alegre evai acompanhar a partida como uma forma de incentivo. Vale destacar que o São paulo já quebrou um tabu na temporada ao vencer o rival Palmeiras no Allianz Parque, resultado que não havia acontecido desde a inauguração em 2014.

VEJA OS CONFRONTOS ENTRE SÃO PAULO X GRÊMIO DESDE 2015
Grêmio 1 x 0 São Paulo - Brasileirão 2016
São Paulo 1 x 1 Grêmio - Brasileirão 2016
​São Paulo 1 x 1 Grêmio - Brasileirão 2017
Grêmio 1 x 0 São Paulo - Brasileirão 2017
Grêmio 2 x 1 São Paulo - Brasileirão 2018
São Paulo 1 x 1 Grêmio - Brasileirão 2018
São Paulo 0 x 0 Grêmio - Brasileirão 2019
Grêmio 3 x 0 São Paulo - Brasileirão 2019
São Paulo 0 x 0 Grêmio - Brasileirão 2020

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini