São Paulo briga por rebaixamento ou Libertadores? Ceni analisa: 'É quase a mesma distância'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O técnico do São Paulo, Rogério Ceni, evitou dar projeções de briga contra o rebaixamento e uma vaga na primeira fase da Libertadores. Após o empate com o Fortaleza por 1 a 1, no Castelão, o treinador falou sobre o futuro da equipe na competição nacional.

- Não posso dizer, o que posso falar é que estamos aqui tentando fazer aqui o maior número de pontos possíveis, faltam sete rodadas. Estamos no intermediário entre as duas brigas. Entre a Pré-Libertadores e o rebaixamento é quase a mesma distância. Não vou me referir. Estamos aqui para fazer o São Paulo jogar o melhor futebol possível - afirmou, em entrevista coletiva.

Ceni também comentou sobre um possível prejuízo financeiro com a não classificação do time para a Libertadores do ano que vem.

CONFIRA A TABELA ATUALIZADA E SIMULE OS JOGOS DO BRASILEIRÃO DE 2021!

- Sobre prejuízo, aqui já tem prejuízo há bastante tempo, né... Há anos o prejuízo aumenta. Lembro que saí daqui com R$ 150 milhões de dívidas. Hoje tem R$ 600 milhões, vai aumentando. É sempre gostoso ver o São Paulo jogando a Libertadores, espero que a gente brigue ainda nas últimas rodadas por isso, mas temos que somar pontos - finalizou.

Com o resultado obtido no Ceará, o São Paulo está na 14ª colocação, com 38 pontos conquistados, a cinco da zona de rebaixamento, mas perto também da classificação na primeira fase da Libertadores.

Rogerio Ceni
Rogerio Ceni

Ceni evitou rotular objetivo do São Paulo (Foto: Rubens Chiri)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos