São Paulo acerta venda do goleiro Jean ao Cerro Porteño

·1 min de leitura


O São Paulo acertou nesta terça-feira (11) a venda do goleiro Jean ao Cerro Porteño (PAR), clube que ele atuou emprestado pelo Tricolor na última temporada. Pelo negócio, o clube do Morumbi deve receber cerca de US$ 1,1 milhão (R$ 6,2 milhões). A informação foi publicada incialmente pelo 'GE' e confirmada no LANCE!.

Jean foi afastado do São Paulo no começo de 2020 após se envolver em uma polêmica, acusado de agredir sua esposa nos Estados Unidos. Na ocasião, o goleiro acabou sendo preso, mas saiu da cadeia um dia depois. Por conta deste ocorrido, o Tricolor resolveu suspender o contrato do arqueiro.

Em março deste ano, Jean foi emprestado ao Cerro Porteño, onde se destacou e fo titular absoluto da equipe, campeã do Clausura. No entanto, um episódio na final da Supercopa do Paraguai contra o Olímpia, quase melou a permanência do atleta no Cerro. O goleiro foi expulso ainda no aquecimento ao fazer gestos obscenos para a torcida adversária. A atitude irritou o técnico Arce e membros da diretoria paraguaia, que quase desistiram do negócio.

Pelo São Paulo, Jean chegou com status de promessa vindo do Bahia. O Tricolor pagou R$ 6 milhões ao clube baiano em janeiro de 2018 para ter o jogador - o valor poderia chegar a R$ 10 milhões se ele atingisse um determinado número de partidas, algo que não aconteceu - e sempre o tratou como grande promessa para o futuro, mas o viu chamar mais atenção pelas polêmicas do que pelo desempenho em campo: foram apenas 19 jogos oficiais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos