São Paulo 0 x 2 Corinthians: Timão bate o Tricolor no Morumbi e joga com a vantagem para avançar à final

São Paulo perde novamente em casa por 2x0 para o rival Corinthians e precisa reverte a vantagem em Itaquera

São Paulo é derrotado em casa pelo Corinthians no primeiro jogo da semifinal do Paulista, que agora joga com boa vantagem em Itaquera. Jô e Rodriguinho fizeram os gols do Timão. Equipe de Ceni saiu vaiada do Morumbi.

Após ser derrotado em casa para o Cruzeiro no primeiro confronto da Copa do Brasil, Rogério Ceni mandou a campo um São Paulo ofensivo e ousado. Ao menos no papel. Com Cueva e Wellington Nem entre os titulares, o Tricolor teve mais posse de bola que o Corinthians durante os 45 minutos iniciais no Morumbi. Entretanto, quem balançou a rede foi o alvinegro.

Com a volta de Jadson e Jô, o Timão não mudou sua costumeira postura jogando fora de casa. Recuado e marcando forte a saída do adversário, o time de Fábio Carille apostava nas escapadas em velocidade de seus laterais. Foi assim que saiu o primeiro gol do jogo. Jô mostrou porque é chamado de "O artilheiro dos clássicos", balançando a rede aos 20 minutos.

O São Paulo seguia com mais bola no pé, porém, sem muita criatividade e finalização precisa. Já o Corinthians quando chegava levava perigo à meta defendida por Renan. Quando os times de prepararam para descer para os vestiários, o Tricolor desperdiçou uma chance que custou o segundo gol alvinegro com Rodriguinho aos 47 da primeira etapa.

No segundo tempo, Carille perdeu Jádson lesionado e promoveu a entrada de Clayton. E mesmo com a entrada de Gilberto no jogo, Ceni viu sua equipe no mesmo cenário que o da primeira etapa. Volume de jogo, troca de passes, bolas alçadas na área, contudo, pouca efetividade. Bom para o Corinthians que ganhava todas e buscava escapadas em velocidade.

Mesmo tendo os números superiores ao rival, o São Paulo saiu do Morumbi novamente derrotado (pelo mesmo placar) em um mata-mata aos gritos de protesto de sua torcida. Já o cirúrgico Corinthians de Fábio Carille e o artilheiro Jô, vai para o segundo jogo em Itaquera podendo até perder por um gol para avançar à final do Paulistão.

Honestidade é tudo

No lance mais polêmico do clássico, Jô recebeu cartão amarelo após uma disputa com o goleiro Renan Ribeiro e o zagueiro Rodrigo Caio. O zagueiro tricolor informou ao árbitro assistente que quem havia tocado no arqueiro fora ele mesmo quem havia derrubado o companheiro de time. O árbitro Luis Flávio de Oliveira reconheceu o erro e anulou o cartão do corinthiano.

Leia também