São Paulo é processado por agente devido a atrasos em pagamentos no empréstimo de Raniel; veja valores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O São Paulo está sendo processado pelo empresário André Cury, devido a uma dívida com o agente pelo empréstimo do atacante Raniel, ainda na temporada de 2019. Na época, Cury emprestou R$ 13,7 milhões ao clube paulista para a conclusão da negociação. A informação foi publicada inicialmente pelo UOL e confirmada pelo LANCE!.

Começou o Brasileirão! Baixe o aplicativo do LANCE!

No entanto, com o período da dívida, os valores saltaram para R$ 19 milhões. Cury cobra as parcelas de janeiro, fevereiro, março e abril de 2021 e pede para que os pagamentos sejam feitas de forma integral em 15 dias. O São Paulo pode recorrer da decisão.

A dívida foi colocada para esse ano, devido a troca do atacante por Vitor Bueno, que na época estava no Santos. Com isso, a diretoria, na época comandada por Leco, colocou os valores para serem pagos em 2021 e não em 2020, como combinado anteriormente. No entanto, o Tricolor ainda não pagou nenhuma parcela da negociação.

No São Paulo, Raniel fez 14 partidas pelo clube, com apenas um gol e uma assistência. Envolvido em uma troca com Vitor Bueno, o jogador pegou Covid-19 no Peixe e o caso evoluiu para uma trombose. Raniel entrou em campo pela última vez há mais de oito meses, no dia 1º de outubro de 2020, quando jogou 10 minutos da partida contra o Olimpia, pela Libertadores, no Paraguai.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos