São Januário 90 anos: veja quando rivais mandaram jogos na Colina

São Januário completa 90 anos neste mês, e ao longo de quase um século de história, o Vasco não foi o único clube a mandar jogos na Colina. Muito pelo contrário. Os outros três rivais cariocas já jogaram muito por lá, inclusive decisões de títulos. Confira algumas fotos na galeria de fotos acima e conheça as história abaixo.

Provavelmente, o jogo de clubes mais marcante em São Januário sem contar com o Vasco foi a final da Copa do Brasil de 2005. Após derrotar o Fluminense em Jundiaí por 2 a 0, o Paulista, que contava com Réver, Márcio Mossoró e Vágner Mancini no comando segurou o 0 a 0 na Colina e foi campeão.

Esse jogo ficou marcado ainda por uma faixa que o Fluminense levou ao gramado, agradecendo a "fidalguia" de Eurico Miranda, presidente do Vasco na época.



Fluminense em São Januário

A faixa que o Fluminense levou (Foto: Reprodução)

Uma boa lembrança tricolor na Colina é de 2012, um jogo marcante do Fluminense em São Januário foi contra a Ponte Preta. Gum marcou o gol da vitória por 2 a 1 e o Tricolor arrancou de vez para o título brasileiro.

No ano seguinte, o Flu mandou o jogo decisivo da fase de grupos da Libertadores em São Januário e derrotou o Caracas por 1 a 0, garantindo sua vaga nas oitavas de final. Continuou mandando lá no mata-mata. Eliminou o Emelec com gol de Carlinhos já no fim, mas caiu nas quartas de final contra o Olimpia, jogando a ida na Colina.

Em 1946, o técnico Gentil Cardoso, então no Fluminense, teria dito a célebre frase: "Deem-me Ademir de Menezes que eu lhes darei o campeonato". O Tricolor foi ao Vasco e contratou o Queixada, então um dos principais craques do Brasil. Dito e feito. Foi campeão carioca.

E quis o destino que o jogo do título fosse em São Januário, em uma vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, com gol justamente do astro que tinha virado a casaca, e ainda retornaria ao Gigante da Colina em 1948. Nesse confronto, Heleno de Freitas, ídolo alvinegro, perdeu uma de suas melhores chances de levar um caneco pelo Glorioso. Não conseguiu e não foi campeão pelo time.

Hoje em dia pode soar esquisito, mas o Flamengo já mandou muitos jogos em São Januário. Mas entre as décadas de 1930 e 1960 era comum o time da Gávea deixar a Zona Sul e ir para São Cristóvão mandar os seus jogos na casa do Cruz-Maltino. Segundo o site "Flaestatística", o Rubro-Negro jogou 150 vezes na Colina, claro, muitas vezes contra o Vasco.

Entre jogos contra o Vasco e contra outros rivais, sendo mandante ou não, ganhou 56 vezes, perdeu 58 e empatou 36. A última vez que o clube mandou um jogo lá foi em 1996 e perdeu para o Bahia pelo Brasileirão. Partida que foi decisiva para o rebaixamento do Fluminense neste ano (que acabou não se concretizando por virada de mesa) Curiosamente, Romário estava neste jogo pelo Rubro-Negro. E no retorno do clube a São Januário para enfrentar o Vasco pelo Campeonato Brasileiro de 2005, o Baixinho estava no Cruz-Maltino e deixou o dele na vitória do time da casa por 2 a 1.

São Januário recebeu mais clássicos entre Flamengo e Fluminense do que a própria Gávea, que viu apenas 13. O Fla-Flu aconteceu 19 vezes na Colina, sendo nove vitórias tricolores, sete rubro-negras e três empates.

Inclusive, a maior goleada do Fla-Flu aconteceu em São Januário. Em 1945, o Rubro-Negro aplicou 7 a 0 no Tricolor na Colina, isso poucas semanas depois de levar 6 a 2 do America também no estádio do Vasco.













Reportagem Fla-Flu em São Januário

Reportagem do Fla 7x0 Flu na Colina (Foto: Reprodução)

O Botafogo também já mandou muitos jogos lá. Porém, como praticamente sempre teve estádio - General Severiano, Caio Martins, Maracanã e Engenhão -, recorria menos à Colina. Nem tantas partidas foram marcantes, mas uma específica não traz grandes lembranças. Na luta contra o rebaixamento em 2014, o Glorioso enfrentou o Figueirense em São Januário. Jobson perdeu um pênalti, os catarinenses venceram, e ao Alvinegro acabou caindo naquele ano.

Até o Duque de Caxias já mandou jogo em São Januário. Mas quem fez a festa foi o Coritiba. Os dois se enfrentaram na Colina em 2010 pela 35ª rodada da Série B para 513 torcedores, o Coxa venceu por 3 a 2 e garantiu o acesso.

Outro pequeno carioca que mandou jogo em São Januário há pouco tempo foi o Boavista. Em sua primeira partida pela Copa do Brasil na história, enfrentou o América-MG para 140 pagantes e ficou no 0 a 0.



E MAIS: