São Bernardo vence Audax e embola Grupo A do Paulistão

Jogando em casa neste sábado, no estádio Primeiro de Maio, o São Bernardo venceu o Grêmio Osasco Audax, por 3 a 1, e embolou a disputa pela segunda posição do Grupo A do Campeonato Paulista. Agora com nove pontos, o Bernô fica com um a menos que o Botafogo-SP, na segunda colocação, e um a mais que o Ituano, na quarta, que ainda joga na rodada. Já o Audax amarga a última colocação do Grupo D, com sete pontos.

Os gols do jogo foram marcados por Edno, Marcinho e Rafael Costa, pela equipe mandante, enquanto Gabriel Leite fez o único gol do time de Osasco. Na próxima rodada, a oitava da competição, o São Bernardo recebe o pressionado Santos, que perdeu mais uma neste sábado, desta vez para o Corinthians. O Audax busca reabilitar-se contra o Red Bull Brasil, no estádio José Liberatti.

O jogo – O primeiro tempo foi bastante equilibrado. Com propostas de jogo bem definidas, as equipes protagonizaram um primeiro tempo agitado, com chances para os dois lados. Jogando em casa, o São Bernardo tomou iniciativa, e foi daí que nasceu o gol de Edno, aos 16 minutos.

Após bela troca de passes pelo lado esquerdo do ataque, Fellipe Mateus recebeu no meio e enfiou um ótimo passe para Edno que, com agilidade e precisão, bateu forte de esquerda, cruzado, na saída de Felipe Alves. Sem chances para o goleiro.

Pela quantidade de oportunidades criadas, dava para o Bernô ter ampliado a vantagem antes mesmo de descer ao vestiário. Mas, sem aproveitar as chances, viu o Audax implementar seu estilo – ficar com a bola, fazer triangulações e ter paciência para infiltrar – e empatar a partida, aos 30 minutos, com Gabriel Leite.

A jogada do gol, porém, veio de bola longa e contra-ataque, o que não é o forte da equipe. Matheus Vargas recebeu belo lançamento no lado direito do ataque, deu um drible desconcertante em Eduardo, do São Bernardo, e tocou para Gabriel Leite. O atacante, embaixo da trave, só teve o trabalho de empurrar para o gol. Depois da igualdade, o primeiro tempo não teve lances perigosos, potenciais para mexerem no marcador.

O São Bernardo voltou ligado do intervalo e, logo no primeiro minuto, entrou novamente em vantagem com gol de Marcinho. Ele recebeu da entrada da área e finalizou com força. A bola desviou em André Castro e deixou o goleiro do Audax vendido no lance.

Com a vantagem, a equipe da casa se fechou e viu os visitantes tomarem conta do jogo. Após tentar muitas vezes, e ir com tudo ao ataque, o time de Osasco não conseguiu empatar e, pior: observou Rafael Costa, aos 35 do segundo tempo, fazer um belo gol e definir a partida. Em contra-ataque, ele recebeu lançamento longo, cortou André Castro com um drible seco e bateu firme, de pé esquerdo, na gaveta.

Restando cerca de dez minutos para acabar o confronto, o São Bernardo apenas desfrutou da boa vantagem que construiu, enquanto o Audax desanimou e não encontrou forças para oferecer novos perigos ao gol de Daniel.