Ruud vê possibilidades de brigar pelo Nº1 já na Austrália

Nitto ATP Finals


Casper Ruud segue muito firme no objetivo de voltar a brigar pelo número 1 do mundo e acredita que uma boa somatória de pontos durante a gira australiana fará toda a diferença. Ruud refletiu aos ser perguntado se acredita que pode ser o Nº1.

"Depois daquela final do US Open contra (Carlos) Alcaraz, pude descansar sem problemas, mas olhando pra trás, seria ótimo que eu tivesse ganho. Porém isso também me dá motivação para seguir, saber que estive muito perto, mas também pode ser o mais perto que você esteja disso na vida", declarou o norueguês.

"Foi genial que os dois finalistas estavam lutando pelo número 1, estive muito mais feliz do que qualquer outro cenário. Isso em fez acreditar em mim mesmo que é possível, quando você cresce num país de pequena tradição tenística como a Noruega e vê (Rafael) Nadal, (Roger) Federer ou Novak (Djokovic) jogando é difícil acreditar que você estaria ali algum dia", seguiu.

"A temporada passada me mostrou que tenho potencial para estar acima se eu seguir fazendo as coisas bem, trabalhando duro. Posso voltar a estar ali ou talvez nunca mais aconteça, neste esporte nunca se sabe, mas o bonito é que é preciso lutar para subir e crescer Tomara que eu tenha um momento que eu possa voltar a ter possibilidades, num futuro próximo. Ano passado não pude jogar na Austrália, se tenho bons resultados talvez possa voltar a estar ali, mas não quero pensar nisso, apenas jogar tênis e que comece a temporada logo", finalizou.