Ruth Chepngetich é a nova recordista da meia maratona

Iúri Totti
·2 minuto de leitura


Ruth Chepngetich conquistou, neste domingo (4/4), o recorde da meia maratona. Com 1h04m02s, a queniana, de 26 anos, venceu a Meia Maratona N Kolay, em Istambul, na Turquia, superando a marca de 1h04m31s, que pertencia a etíope Ababel Yeshaneh, obtido em fevereiro de 2020, na Ras Al Khaimah Half Marathon, nos Emirados Árabes.

“Estou muito feliz com este resultado. Foi incrível”, disse Ruth Chepngetich, que melhorou seu recorde pessoal em mais de um minuto. “O recorde mundial é algo com que venho sonhando há algum tempo e estou muito feliz por tê-lo conquistado nas ruas de Istambul.”

A corrida é a única meia maratona europeia marcada para a primavera. O evento, organizado no entorno da península turca, teve a participação de quatro mil atletas.

A segunda colocada foi a etíope bicampeã mundial dos 5.000m Yalemzerf Yehualawfoi, com 1h04m40s. A queniana Helen Obiri ficou em terceiro lugar, com 1h04m51s, a melhor estreia na distância na história. Segundo a World Athletics, a prova deste domingo é a primeira em que três mulheres correm os 21km abaixo de 1h05m.

Chepngetich começou a se distanciar do primeiro grupo, onde estavam Yehualaw e Obiri, nos 15 km, quando passou com 45m29s. Sozinha, a campeã correu os 5km seguintes em 15m13s, fechando a prova com um pace médio de 3m02s.

Esta é a terceira vez que Chepngetich vence a Meia Maratona N Kolay Istambul, repetindo os feitos de 2017 e 2019. Dois anos atrás, cinco meses depois de ter vencido a prova turca com recorde na época, ela foi campeã da maratona no Campeonato Mundial de 2019, em Doha, no Catar, com 2h32m43s.

Em novembro de 2020, na Meia Maratona Internacional Airtel, em Nova Delhi, na Índia, Chepngetich terminou em segundo lugar, atrás de Yehaulaw, que superou seu recorde pessoal de 1h05m06s. Na época, a etíope registrou a segunda melhor marca da história dos 21km, com 1h04m46s. (Iúri Totti/Corrida Informa)