Russell diz estar decepcionado com "erro estúpido" que custou GP

Adam Cooper
·2 minuto de leitura

Apesar de uma boa performance pela maior parte da corrida deste domingo (01) da Fórmula 1 em Ímola, tudo foi por água abaixo para George Russell quando ele perdeu o controle do carro durante o safety car, batendo e abandonando a corrida, algo que ele chamou de um "erro estúpido".

Russell estava próximo da zona de pontos quando o safety car foi acionado após o estouro do pneu traseiro de Max Verstappen. Ele era o primeiro piloto na fila atrás do carro e estava tentando manter seus pneus aquecidos quando perdeu o controle, indo parar no muro.

Leia também:

Hamilton aproveita safety car virtual e vence GP da F1 em Ímola; Mercedes é hepta de construtores Hamilton: "Não há garantia" de que estarei no grid no próximo ano F1: Pérez diz que é "doloroso" perder pódio para Ricciardo após parada "que não fez sentido"

Antes de sair do carro, ele pediu desculpas à equipe pelo rádio e assim que voltou ao paddock, postou a seguinte mensagem no Twitter: "Não sei o que dizer. Não há desculpas. Sinto muito pessoal".

O abandono significa que Russell tem agora 34 GPs disputados na F1 sem pontuar nenhuma vez.

"Não sei", disse ele quando perguntado sobre o que falta para conquistar um ponto. "Certamente não erros estúpidos como o de hoje. Foi uma corrida onde eu estava dando o meu melhor desde a primeira volta, o mais agressivo que já tinha sido".

"E eu queria seguir ali atrás do safety car, porque eu sabia que os que estavam atrás de mim tinham pneus novos aquecidos, e eu com velhos. Se tinha alguma chance de pontuar, precisava ser super agressivo".

"Obviamente, assim que perdi o controle do carro, já estava no muro e isso é muito decepcionante. Peço desculpas a todos".

Perguntado se há pontos positivos, ele disse que ficou feliz com sua performance agressiva.

"Os positivos estão no mérito. Eu consegui passar Ocon, e abri com relação a ele. No começo da prova, estava no mesmo ritmo das McLarens. O carro estava bem no final de semana, muito rápido".

"Ele virá. Estamos entendendo melhor o carro, a cada semana. Minhas primeiras voltas tem sido ruins, mas eu fiz um movimento agressivo contra Vettel na primeira curva, algo que eu queria fazer".

"Como eu disse, sinto que, de vez em quando, sou muito conservador nas provas. Hoje eu encontrei o limite".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PÓDIO: A vitória de Hamilton, o hepta da Mercedes e a confusão no final do GP da Emilia Romagna

PODCAST: É bom negócio ser companheiro de Max Verstappen na Red Bull?

Your browser does not support the audio element.

.