Russa Anastasia Pavlyuchenkova alcança sua primeira final de Grand Slam em Paris

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
A russa Anastasia Pavlyuchenkova venceu a eslovena Tamara Zidansek na semifinal de Roland Garros nesta quinta-feira, 10 de junho de 2021
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A russa Anastasia Pavlyuchenkova (32ª do mundo) se classificou para a final de Roland Garros nesta quinta-feira, naquela que será sua primeira final de Grand Slam, ao derrotar a eslovena Tamara Zidansek (85º) por 7-5 e 6-3 nas semifinais.

Pavlyuchenkova enfrentará a vencedora da outra semifinal desta quinta, entre a grega Maria Sakkari (18ª) e a tcheca Barbora Krejcikova (33ª).

"Eu queria tanto isso que nem sei mais o que estou sentindo. São muitas emoções, estou muito feliz, mas também muito cansada", disse a tcheca, a primeira tenista a ultrapassar 50 participações no Grand Slam antes de chegar à final (52).

Aos 29 anos, a russa foi mais forte do que sua adversária, seis anos mais jovem.

Seu jogo agressivo (155 'winners', recorde do torneio, para chegar à semifinal) lhe permitiu ficar a uma vitória do título.

Zidansek mostoru mais acertos nesta sexta-feira (27 contra 19), mas cometeu mais erros não forçados do que a russa (33 contra 22).

Pavlyuchenkova também usou sua maior experiência. A russa havia disputado em seis ocasiões as quartas de final de um 'major' (Aberto da Austrália em 2017, 2019, 2020, Wimbledon 2016, US Open 2011 e Roland Garros 2011), embora em todas elas tenha sido eliminada antes das semifinais. A eslovena nunca havia passado da segunda fase de um Grand Slam.

Com 12 títulos em seu currículo, Pavlyuchenkova também é de longe a mais bem-sucedida das quatro semifinalistas.

"É a minha primeira final, quero me divertir, jogar bem e o resultado não importa", disse ela.

Na segunda-feira ela voltará ao top 20 mundial, depois de ter sido 13ª em 2011. Em caso de vitória ela será a 14ª.

Nos últimos seis anos e 24 'majors', nenhuma russa havia chegado à final de um torneio de Grand Slam, sendo que a última foi Maria Sharapova, na Austrália em 2015, quando foi derrotada por Serena Williams.

es-ig/jf/iga/psr/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos