Rumo ao Corinthians? Renato pode viver primeira experiência profissional em terras paulistas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A demissão de Vagner Mancini, no último domingo, desencadeou uma nova busca de treinador por parte do Corinthians. E se realmente o clube fechar com Renato Portaluppi, o ex-comandante do Grêmio viverá sua primeira experiência em uma equipe paulista.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Seja como jogador ou à beira do gramado, ele jamais trabalhou no principal centro do país. De atacante, começou no Esportivo, de Bento Gonçalves, antes de se tornar herói gremista na conquista do Mundial de 1983. A partir de então, passou a se aventurar em terras cariocas, com passagens pelo Flamengo, Fluminense, Botafogo e Bangu. Ainda em território nacional, vestiu as camisas de Cruzeiro e Atlético-MG. Fora do Brasil, jogou pela Roma.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Aposentado, dos gramados, virou treinador. No início, trabalhou em Madureira, Fluminense e Vasco da Gama. Na década passada, porém, chegou ao Bahia antes de ter suas duas primeiras experiências no Grêmio e também comandar o Athletico-PR. De setembro de 2016 em diante, viveu seu auge, reconduzindo o Tricolor gaúcho às vitórias - sete títulos - e se colocando como um dos principais nomes da categoria. Será que agora, finalmente, Renato e São Paulo irão se encontrar? A terça-feira parece decisiva para isso, depois que ele aceitou ouvir uma proposta do Timão.

Para mais notícias do Corinthians, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos