Rumo à seleção principal? Pedro brilha em amistoso do time olímpico do Brasil

·1 minuto de leitura

Depois de perder para Cabo Verde no último sábado, a seleção brasileira sub-23 voltou a campo nesta terça-feira e ganhou seu último amistoso preparatório antes das Olimpíadas de Tóquio. A equipe comandada por André Jardine derrotou a Sérvia, em Belgrado, por 3 a 0. E o jogo serviu para consagrar um certo camisa 9 chamado Pedro.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Enquanto Gabigol cava seu espaço no time principal do Brasil, o também atleta do Flamengo brilha no time olímpico. Após Guilherme Arana abrir o placar na etapa inicial com um belo chute, o rubro-negro mostrou presença de área, técnica e categoria para balançar as redes em duas oportunidades no segundo tempo. Aos 29 minutos, recebeu passe de Malcom, tirou o goleiro do lance e comemorou. e fez mais um gol para a Seleção Olímpica. Na sequência, desviou de calcanhar para dar números finais ao duelo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O Brasil jogou com Brenno; Gabriel Menino (Guga), Nino, Gabriel Magalhães e Arana; Bruno Guimarães (Liziero), Gerson (Matheus Henrique) e Claudinho (Rodrygo); Martinelli (Antony), Pedro e Malcom (Reinier). Agora, é esperar a convocação final de Jardine, com a certeza de que o matador flamenguista, mesmo sendo reserva de Rogério Ceni, tem lugar cativo nesta seleção.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.