Ruim? A pior escalação do Palmeiras no século XXI

·2 minuto de leitura

Torcedor do Palmeiras, você está bem sentado? Pois é hora de a gente escalar, em parceria com a página Manual do Jogador Ruim, o pior Verdão do século XXI até o momento e relembrar de nomes que, definitivamente, se quer esquecer.

1. Deola

Goleiro Deola nunca caiu nas graças do torcedor palmeirense. | Eduardo Anizelli/Getty Images
Goleiro Deola nunca caiu nas graças do torcedor palmeirense. | Eduardo Anizelli/Getty Images

Em meio a idas e vindas, jamais foi um goleiro confiável. Longe disso.

2. Ayrton

Ayrton chegou com fama de ótimo cobrador de faltas, mas... | Helio Suenaga/Getty Images
Ayrton chegou com fama de ótimo cobrador de faltas, mas... | Helio Suenaga/Getty Images

Contratado junto ao Coritiba logo após o rebaixamento de 2012. Alguém se lembra de algo positivo dele?

3. Alexandre

Definitivamente, o zagueiro Alexandre não deixou saudades no Palestra Itália. | MAURICIO LIMA/Getty Images
Definitivamente, o zagueiro Alexandre não deixou saudades no Palestra Itália. | MAURICIO LIMA/Getty Images

O zagueiro é considerado um dos principais vilões do rebaixamento do clube em 2002. Isso, por si só, justifica sua presença neste XI ideal reverso.

4. Leandro Almeida

Leandro Almeida teve boa passagem pelo Coritiba, mas no Palmeiras foi bem longe disso. | DJALMA VASSÃO/Gazeta Press
Leandro Almeida teve boa passagem pelo Coritiba, mas no Palmeiras foi bem longe disso. | DJALMA VASSÃO/Gazeta Press

Foi contratado em 2015 e ficou marcado por falha em clássico diante do São Paulo. Depois disso, nunca mais jogou pelo Verdão.

5. Gerley

Gerley teve passagem completamente esquecível com a camisa alviverde. | Buda Mendes/Getty Images
Gerley teve passagem completamente esquecível com a camisa alviverde. | Buda Mendes/Getty Images

Chegou em 2011 ao Palestra, com a expectativa de ter sido eleito o melhor lateral-esquerdo do Gauchão daquele ano pelo Caxias, mas ficou longe de se firmar e, em 2012, rumou para o Bahia.

6. Amaral

Amaral ficou longe de lembrar seu "xará" dos anos 90. | Friedemann Vogel/Getty Images
Amaral ficou longe de lembrar seu "xará" dos anos 90. | Friedemann Vogel/Getty Images

Nunca caiu nas graças da torcida. Ninguém tem saudade dele, apesar de ter feito parte do elenco campeão da Copa do Brasil de 2015.

7. Jumar

O volante teve mais holofote no Vasco, é verdade, mas no Palmeiras ficou bem abaixo do que se espera. | DJALMA VASSÃO/Gazeta Press
O volante teve mais holofote no Vasco, é verdade, mas no Palmeiras ficou bem abaixo do que se espera. | DJALMA VASSÃO/Gazeta Press

Era conhecido no Alviverde pelo medo que colocava na torcida do Palmeiras. Como prova disso ganhou até mesmo em sua homenagem o hit "Eu tenho medo do Jumar".

8. Rondinelly

Alguém lembra de Rondinelly vestindo as cores palmeirenses? Pois é. | Helio Suenaga/Getty Images
Alguém lembra de Rondinelly vestindo as cores palmeirenses? Pois é. | Helio Suenaga/Getty Images

O meia foi uma das compensações recebidas pelo Palmeiras na negociação que envolveu a ida de Barcos para o Grêmio, em 2013. Dá para acreditar?

9. Serginho

Chegou para jogar a Série B de 2013 e definitivamente não se firmou. | Helio Suenaga/Getty Images
Chegou para jogar a Série B de 2013 e definitivamente não se firmou. | Helio Suenaga/Getty Images

O meia veio do Oeste na tentativa de participar de um momento de retomada do clube. O ano era 2013, mas ele se transformou em figurante.

10. Adriano Chuva

Atacante Adriano Chuva em ação nos treinamentos pelo Verdão. | MARCELO FERRELLI/Gazeta Press
Atacante Adriano Chuva em ação nos treinamentos pelo Verdão. | MARCELO FERRELLI/Gazeta Press

Jogou no clube na temporada de 2004 e em 2005 acabou se transferindo para o Sport. Para o centroavante ter sucesso no Palmeiras, "só" faltaram gols. De resto...

11. Rosembrick

Rosembrick vinha com moral após ótima passagem pelo Santa Cruz. | FERNANDO PILATOS/Gazeta Press
Rosembrick vinha com moral após ótima passagem pelo Santa Cruz. | FERNANDO PILATOS/Gazeta Press

Chegou ao Palmeiras em 2006 e é tido por muitos como um dos piores não apenas do século, mas da história.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos