Rueda não admite erros, culpa 'herança' por momento e critica política do Santos

·2 minuto de leitura


Após a confirmação da permanência do Santos na Série A1 do Campeonato Paulista, o presidente do clube, Andres Rueda, leu um texto sobre o momento do Peixe e respondeu a perguntas de jornalistas. O dirigente destacou ações feitas pela atual administração, como as negociações para a venda de Lucas Veríssimo e compra de Luan Peres, a contratação de Ariel Holan e não reconheceu erros no processo que levou o clube ao pior desempenho no Paulistão, empatado com a campanha de 1976.

- Não diria erros. Foi uma situação encontrada com um plantel curto para tantos campeonatos, tivemos a pandemia que deixou o calendário completamente desumano, não tivemos a oportunidade de contratar jogadores mais experientes para mesclar com a nossa base e para que pudessem suportar as condições do calendário. Não considero erros. Eu me pergunto o que a gente poderia ter feito para não deixar chegar no jogo de hoje dependendo de um empate - afirmou o presidente.

No texto lido, Rueda subiu o tom sobre os bastidores políticos do clube e, pela primeira vez, culpou publicamente as antigas gestões pela situação do Santos.

- Não gosto de reclamar do passado, porém não posso deixar de dizer que estamos colhendo o que foi plantado anteriormente. Sem plantel para suportar o calendário, não de qualidade, mas de quantidade. Não temos um plantel em quantidade suficiente, sem dinheiro, contas bloqueadas, transferban, dívidas novas a todo momento, a última do Brayan de R$ 6 milhões. Nossa gestão foi escolhida pela maioria dos sócios para sanar todos esses problemas e podem ter certeza de que assim será feito. Com acertos e erros, mas com muita honestidade. Quanto aqueles que teimam em misturar a política na gestão do clube tenho pena. Ver que colocam interesses próprios de poder ou de vantagens na frente do Santos. Para eles o meu total desprezo. Não os considero santistas. Certeza de que o sócio sabe muito bem, mesmo pensando com emoção, separar o joio do trigo. Vocês, com essa politicagem asqueirosa, são os verdadeiros culpados por deixar o clube nessa situação. Muito ajuda quem não atrapalha - disparou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos