Rovaniemen Palloseura: como é o futebol no "time mais gelado" do mundo

·3 minuto de leitura
Jogadores do Rovaniemen Palloseura treinam no meio do inverno finlandês (Rovaniemen Palloseura)
Jogadores do Rovaniemen Palloseura treinam no meio do inverno finlandês (Rovaniemen Palloseura)

Muitas vezes o futebol é praticado em condições adversas. Chuvas, forte calor ou até mesmo neve. Mas nenhum clube no mundo está tão acostumado a situações extremas quanto o Rovaniemen Palloseura, conhecido como o time mais gelado do mundo.

O apelido não é por acaso. O clube que disputa a segunda divisão da Finlândia tem sede na cidade de Rovaniemi, que fica no Círculo Polar Ártico. Lá, o esporte é praticado em temperaturas bem abaixo de zero na maior parte do ano.

Leia também:

Neste ano, por exemplo, a máxima registrada em Rovaniemi foi de 18ºC. Entre janeiro e março, a temperatura não passou de 0ºC, com mínimas de até -16ºC.

Agora, imagine ter que correr por 90 minutos em campo em temperaturas abaixo de zero.

"-18ºC foi o jogo mais frio em que já joguei", contou o zagueiro Tuomo Könönen, que defendeu o clube em 2013. "Isso foi difícil. Apenas respirar nessas temperaturas é difícil", acrescentou.

"A bola parece mais pesada e seus pés podem doer. Com esse tempo, você não consegue ficar parado por um segundo. Se ficar, está acabado. Eu pulo e corro no gol durante o jogo para me manter aquecido", disse o goleiro Pauli Tuisku, que atuou pelo Rovaniemen Palloseura na mesma época.

Estrangeiros sofrem ainda mais com as condições climáticas. O zagueiro Victor Turcios, de El Salvador, defendeu o clube de 2012 a 2013 e sentiu na pele as dificuldades impostas pelo frio.

"É mais difícil respirar e sinto as pernas mais pesadas. Para qualquer equipe que venha jogar aqui, é difícil render 100% como fariam em seu clima natural", contou o jogador à BBC durante a sua passagem pelo time finlandês. "(O clima) afeta até algumas equipes da própria Finlândia da capital ou do sul do país."

Atualmente, o Rovaniemen Palloseura conta com sete estrangeiros no elenco, sendo alguns deles de regiões onde o clima é bastante diferente – dois são do Congo e um de Gana. Os demais são da Bélgica, Holanda, Rússia e Sérvia.

É comum que alguns estrangeiros tenham seus batimentos cardíacos e seu sistema circulatório monitorados constantemente, além da realização de exames de sangue.

"Eles (estrangeiros) ficam chocados quando chegam, mas depois de um tempo eles fica bem", disse Könönen. A adaptação pode levar até algumas semanas.

Como se o frio não fosse o bastante, existe ainda outro aspecto particular de Rovaniemi: a luz solar. Há meses em que a região recebe apenas alguns minutos de sol por dia.

Para superar a escuridão somada às baixas temperaturas, muitas vezes as partidas são realizadas em estádios fechados, com luz artificial e temperaturas bem menos desafiadoras.

Atualmente, o Rovaniemen Palloseura tenta retornar à elite do futebol finlandês. O clube, que já esteve envolvido em um escândalo de manipulação de jogos em 2011, foi rebaixado na temporada passada.

Terra do Papai Noel

Enquando o Rovaniemen Palloseura sedia os jogos em um estádio local com capacidade para 5 mil pessoas, a região recebe turistas de lugares diferentes do mundo.

Isso porque a cidade é a "casa do Papai Noel" e possui desde 1985 um parque de diversões temático chamado Santa Claus Village (Aldeia do Papai Noel, em tradução do inglês).

Além disso, muitas pessoas são atraídas à cidade pela possibilidade de observar o fenômeno da aurora boreal.

Brasileiro já encarou desafio

Todas as adversidades que o Rovaniemen Palloseura proporciona já foram encaradas pelo goleiro brasileiro Ricardo Friedrich, irmão do também goleiro Douglas Friedrich, do Bahia. Ele atuou no time finlandês de 2015 a 2017 e passou por situações inusitadas.

"Na pré-temporada na Finlândia, teve um dia que eu peguei um frio de -32 ºC", disse em entrevista à ESPN Brasil em 2017.

"[A cidade] tem toda uma estrutura, as casas têm calefação. Tem sistema de aquecimento em todo lugar que você vai. Agora, dentro de campo é um pouco mais complicado. Usa roupa térmica, mas é bastante frio", completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos