Roubo de 'recadinho' ajudou Austrália a bater Dinamarca

Christian Eriksen se lamenta enquanto australianos comemoram vitória na Copa do Mundo. Foto: PAUL ELLIS/AFP via Getty Images
Christian Eriksen se lamenta enquanto australianos comemoram vitória na Copa do Mundo. Foto: PAUL ELLIS/AFP via Getty Images

A Austrália derrotou a Dinamarca na última quarta-feira (30) por 1 a 0 e se garantiu nas oitavas-de-final da Copa do Mundo, pela segunda vez em sua história. Mas para isso os australianos contaram com o roubo de um recado do técnico dinamarquês a seus jogadores.

A equipe australiana já vencia o jogo, gol de Mathew Leckie, quando o técnico dinamarquês Kasper Hjulmand resolveu colocar na partida o atacante Andreas Cornelius. Na ânsia de transmitir a seus atletas uma melhor organização tática em campo após a alteração, Hjulmand escreveu suas instruções em um pedaço de papel, entregue a Cornelius para que fosse repassado a seus companheiros.

Leia também:

Cornelius atendeu o pedido do treinador e entregou o bilhete para Christian Eriksen, estrela da seleção dinamarquesa, que leu as informações mandadas do banco. Das mãos de Eriksen o papel foi parar com Hojbjerg, outro importante jogador do meio campo da Dinamarca, que após ler o 'recadinho' de Hjulmand cometeu um erro fatal: jogou o papel amassado no campo.

Foi então que Mitchell Duke, atacante da Austrália, que havia avistado toda troca de mãos do papel e o momento em que Hojbjerg o havia jogado no chão, pegou a nota dinamarquesa e se dirigiu ao seu banco de reservas.

Um dos assistentes da comissão técnica australiana leu o papel e transmitiu ao treinador tudo que de importante havia ali. A Austrália então começou a preparar novas alterações. Acontece que o preparador físico da seleção australiano, Andrew Clarke, trabalha no Copenhagen, clube tradicional da Dinamarca, e entendeu tudo que o banco dinamarquês havia escrito.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Sequência de "erros": imagens mostram atacante australiano entregam recadinho dinamarquês para a comissão técnica da Austrália

Dois minutos depois de receber o recado, o treinador australiano, Graham Arnold, tirou de campo um de seus atacantes e colocou em seu lugar o zagueiro Bailey Wright. Com a mudança de formação e mais um zagueiro em campo, a Austrália aguentou sem dificuldades a tentativa de pressão da Dinamarca e saiu com a vitória.

Os australianos voltam a campo neste sábado (3) para confronto com a Argentina, pelas oitavas-de-final, às 16h, horário de Brasília.