Rossi nega mudança de fábrica e vê SIC como “melhor opção” para seguir na MotoGP

Redação GP
Grande Prêmio

Valentino Rossi ainda não definiu se segue na MotoGP em 2021. Ainda assim, o #46 sabe qual a melhor alternativa para permanecer no grid: a malaia SIC, equipe satélite da Yamaha.

Em 2020, Rossi fará seu último ano na equipe de fábrica da Yamaha, já que será substituindo por Fabio Quartararo. O #46, porém, quer esperar para ver qual será sua performance antes de definir se continua ou não

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Valentino Rossi (Foto: Yamaha)


Paddockast #47

FORD vs FERRARI


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM






Mesmo com o futuro em aberto, Rossi vê na SIC sua melhor opção, já que entende que se tratada de uma equipe bem constituída e com um apoio financeiro sólido.

“Para mim, a Petronas é a melhor opção”, disse Rossi. “A situação é muito melhor. Eles têm um time bom e jovem, então eles podem melhorar. Eles têm dinheiro. Eles são sérios”, comentou.

Ainda, Rossi descartou mudar de fábrica e destacou que o importante é ficar com sua YZR-M1.

“Especialmente, para mim é importante ficar com a M1”, comentou. “Antes de mais nada, mudar de fábrica não é fácil. Nunca é fácil, especialmente na minha idade e neste ponto da minha carreira”, comentou.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo


O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.


Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.






Leia também