Rosberg acredita que tudo precisa ser perfeito para derrotar Hamilton: “Caso contrário não terá chance”

Redação Motorsport.com
·2 minuto de leitura

Campeão mundial de Fórmula 1 em 2016, Nico Rosberg falou sobre o que é necessário para triunfar nos embates com Lewis Hamilton, que se sagrou heptacampeão no último domingo (15) e igualou o recorde de títulos de Michael Schumacher. Ex-companheiro de Hamilton na Mercedes, o piloto alemão acredita que não há espaço para erro.

“Para vencê-lo, você precisa ter tudo 100% perfeito, caso contrário você não terá chance”, afirmou Rosberg, que tem 23 vitórias, 30 poles e 57 pódios na carreira – nove desses triunfos em 2016, ano em que conquistou o título.

Leia também:

Diretor da F1 diz que ‘desempregado’ Pérez é piloto que maximiza resultados F1: Magnussen ficou com receio de causar acidente com líderes do GP da Turquia, diz chefe da Haas Diretor da Renault coloca Ricciardo e mais três nomes em "outro patamar" na F1

Rosberg superou Hamilton em 2016, mas foi uma batalha travada até a corrida final, disputada em Abu Dhabi. O alemão garantiu a segunda colocação necessária para conquistar o título na prova final da temporada, que teve vitória do inglês. Hamilton, inclusive, venceu as últimas quatro corridas do ano, o que, no entanto, não foi suficiente para que levasse o caneco para casa.

Mesmo com o título em 2016, sendo o único a superar Hamilton desde 2014, Rosberg se rendeu ao piloto inglês e o comparou com os melhores da história da F1. “Não vou dizer aqui e agora, que um é melhor que o outro. Você mencionaria Schumacher, mencionaria Senna, mencionaria Fangio. Eu provavelmente filtraria esses quatro: Lewis, Senna, Fangio e Schumacher”, disse Rosberg, que evitou entrar no mérito de quem é o mais competente.

“Quem é o melhor? É simplesmente impossível dizer, mas igualmente à sua maneira, todos eles foram simplesmente inacreditáveis”, completou.

Em 2020, Hamilton seguiu quebrando recordes e também conquistou o posto de maior vencedor de GPs na história da categoria, com 94 vitórias – número que ultrapassa a quantidade de triunfos de Schumacher (91). O feito de alcançar os números do alemão foram ressaltados por Rosberg.

“Ninguém jamais teria pensado que os títulos de Michael Schumacher seriam igualados ou quebrados, mas agora foi feito”, disse Rosberg. “Acho que não é apenas uma das melhores e bem-sucedidas conquistas na Fórmula 1, mas também uma das maiores conquistas da história do esporte como um todo”, completou.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1, MotoGP e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Veja como a sujeira do GP da Turquia revelou os 'segredos' aerodinâmicos dos carros da Fórmula 1

Podcast #076 – Hamilton x Schumacher: a comparação entre os campeões da F1

Your browser does not support the audio element.