Ronaldo não coloca favorito na final da Libertadores e lamenta nunca ter vencido o torneio

LANCE!
·1 minuto de leitura


Ronaldo Fenômeno é um dos grandes atacantes da história do futebol mundial e conquistou quase todos os títulos possíveis enquanto atuava, porém faltou no currículo levantar a taça da Libertadores, como afirma o mesmo, que viveu um drama em seu último ano de carreira, sendo eliminado na pré-Libertadores com o Corinthians em 2011.

O ex-atacante da Seleção Brasileira destacou a mudança da final para jogo único e elogiou o novo formato. Também tirou qualquer favoritismo de qualquer uma das equipes em campo e afirmou que por ser um clássico, não existe nada definido para o confronto.

Por fim, Ronaldo, que decidiu a final da Copa do Mundo de 2002, anotando os dois gols do Brasil na decisão, falou sobre o sentimento na véspera de grandes jogos e disse que é algo bom para um atleta profissional, além de dar importância ao estudo do estilo de jogo do adversário, mesmo que o ex-camisa 9 não fizesse isso.