Ronaldo marca dois sobre o Bayern e garante vantagem ao Real

O Real Madrid mostrou nesta quarta-feira que está firme na busca pelo bicampeonato da Liga dos Campeões, o 12º de sua história. Visitando o Bayern de Munique, pelo primeiro confronto das quartas de final do torneio, os merengues saíram atrás levando tento de Vidal, mas contaram com dois gols de Cristiano Ronaldo e com a expulsão de Javi Martínez para conquistar a virada por 2 a 1.

Muito aguardada, a partida desta tarde começou com os alemães saindo na frente e desperdiçando um pênalti na primeira etapa. No segundo tempo, foi a vez de os espanhóis empatarem logo de cara e contarem com dois cartões amarelos em sequência para um dos zagueiros bávaros, além de jogo inspirado de CR7, para irem ao jogo de ida com vantagem.

Leia mais: Griezmann decide e Atlético sai na frente do Leicester nas quartas

Com o triunfo desta quinta, os Blancos ganharam tranquilidade para seguirem no principal torneio de clubes do Velho Continente. A equipe comandada por Zinedine Zidane pode perder até por 1 a 0 ou sair com qualquer empate que mesmo assim garante vaga nas semifinais. Já os Bávaros precisam vencer por mais de dois gols de diferença ou pelo menos repetir o placar desta quinta para levarem a decisão à prorrogação/ pênaltis e avançarem.

Depois da partida desta tarde, as equipes voltam a se encontrar no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. A partida está marcada para as 15h45 do dia 18 de abril.

Bayern sai na frente e perde pênalti

Apesar da apaixonada torcida que compareceu em peso à Allianz Arena, o Real Madrid começou melhor e chegava com mais qualidade ao ataque. Nos primeiros minutos, o Bayern mostrou certa desorganização e falta de inspiração na hora de se projetar no campo ofensivo.

Dominando as ações, foram os merengues que criaram a primeira grande chance de marcar. O atacante francês Karim Benzema recebeu cruzamento na medida do volante Toni Kroos, aos 18 minutos, e cabeceou para o chão, obrigando grande defesa de Manuel Neuer. A bola ainda tocou no travessão antes de o goleiro conseguir agarrar.

Apesar do bom começo espanhol nesta tarde, o Bayern conseguiu colocar a bola no chão e foi a primeira equipe a balançar as redes. Em cobrança de escanteio aos 24 minutos, o volante Xabi Alonso cruzou na medida para o meio-campista chileno Arturo Vidal, que contou com falha de Nacho Fernández para fuzilar de cabeça, no meio do gol.

Confira também: Fabinho perde pênalti, mas Mbappé brilha e dá vitória ao Monaco

Depois do tento sofrido, o Real tentou ser mais agressivo, mas parou no forte sistema ofensivo do Bávaros. Os donos da casa, em contrapartida, conseguiram emplacar o tradicional toque de bola no meio-campo, para evitar qualquer chance de empate.

À frente no placar e com certa tranquilidade na partida, os donos da casa quase ampliaram a vantagem. O atacante holandês Arjen Robben fez linda jogada pelo lado esquerdo, foi à linha de fundo e mandou para o meio da área. Vidal apareceu bem de novo para cabecear, mas não teve a mesma qualidade do lance do gol e mandou para fora.

Logo em seguida, mais exatamente um minuto depois, foi a fez da resposta merengue. Até então sumido no confronto, o craque português Cristiano Ronaldo decidiu resolver sozinho e emendou um chute de fora da área, mirando o canto direito do goleiro. Neuer se saiu bem e conseguiu mandar para escanteio.

Mesmo com o susto, o Bayern voltou a controlar as ações no ataque e desperdiçou uma grande chance de ampliar. O atacante alemão Thomas Muller recebeu dentro da área, tentou o chute e a bola explodiu no peito do lateral direito Carvajal. Depois de pedir auxílio ao árbitro de linha, o juiz entendeu o lance como pênalti e deu cartão amarelo ao defensor. Vidal foi para a cobrança, aos 47 minutos, e chutou muito forte, mandando por cima da meta.

Reação e virada madrilenha

A festa dos torcedores da casa já foi estragada logo aos dois minutos da segunda etapa. Carvajal recebeu no lado direito, foi até a linha de fundo e mandou para a área. A bola ainda desviou em Alaba antes de chegar a Cristiano Ronaldo, que bateu de primeira e acertou belo chute no canto esquerdo de Neuer.

O gol de empate aumentou o moral dos visitantes, que seguiram no ataque, buscando virar a partida. Modric tabelou do lado direito e recebeu belo passe de calcanhar de Carvajal. O volante cruzou na medida para o meia-atacante galês Gareth Bale, que cabeceou forte, obrigando grande defesa no reflexo do goleiro bávaro.

Com a vantagem perdida e com o Real melhor no confronto, o Bayern viu sua situação ficar ainda pior. Três minutos depois de levar o primeiro cartão amarelo, o zagueiro Javi Martínez chegou com muita força em Cristiano Ronaldo, recebeu a segunda advertência e foi expulso.

Apesar de estar jogando com um homem a menos, o time mandante manteve a cabeça no lugar e ainda buscou trocar alguns passes. Os Blancos, em contrapartida, seguiam agressivos, mas perderam um pouco da criatividade e ficaram longe de marcar.

Buscando o ataque, o Real só conseguiu se aproximar da virada aos 27 minutos e viu Neuer salvar mais uma. De novo Carvajal apareceu bem pelo lado direito e deu lindo toque para Benzema. O camisa 9 saiu livre, na cara do gol, mas finalizou mal, no meio do gol, e facilitou para o goleiro afastar com os pés.

Após a oportunidade, os espanhóis se estabeleceram de vez no ataque, pressionaram, e o arqueiro alemão ainda foi obrigado a salvar mais uma. Após jogada bem trabalhada, aos 29 minutos, Cristiano Ronaldo recebeu sozinho e chutou forte, no meio do gol. Neuer esbanjou reflexo para tirar com a mão direita.

O dia brilhante de Neuer, no entanto, acabou sendo estragado por uma grande falha. Em novo ataque dos Blancos, aos 31 minutos, Cristiano Ronaldo recebeu dentro da área e finalizou do jeito que a bola veio, com sola do pé. O chute acabou saindo no meio do gol e passou no meio das pernas do goleiro.

Os visitantes não se sentiram satisfeito com o 2 a 1 e seguiram em busca de ampliar. Sergio Ramos balançou as redes, mas estava em condição irregular, Ronaldo tropeçou na cara do gol – tudo isso nos acréscimos – , mas o placar se manteve o mesmo até o apito final.

FICHA TÉCNICA

BAYERN DE MUNIQUE 1 X 2 REAL MADRID

Local: Allianz Arena, em Munique (Alemanha)

Data: 12 de abril de 2017, quarta-feira

Hora: 15h45 (de Brasília)

Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)

Assistentes: Riccardo Di Fiore e Filippo Meli (ambos ITA)

Cartões Amarelos: Javi Martínez, Xabi Alonso e Arturo Vidal (Bayern); Carvajal e Kroos (Real)

Gols:

Bayern: Arturo Vidal, aos 25 minutos do primeiro tempo

Real: Cristiano Ronaldo, aos dois e aos 31 minutos do segundo tempo

BAYERN: Manuel Neuer; Philipp Lahm, Javi Martínez, Jérôme Boateng e David Alaba; Xavi Alonso (Bernat), Arturo Vidal e Tiago Alcântara; Arjen Robben, Franck Ribery (Douglas Costa) e Thomas Muller (Kingsley Coman)

Técnico: Carlo Ancelotti

REAL: Keylor Navas; Daniel Carvajal, Sergio Ramos, Nacho Fernández e Marcelo; Toni Kroos, Luka Modric (Kovacic) e Casemiro; Gareth Bale (Asensio), Cristiano Ronaldo e Karim Benzema (James Rodríguez).

Técnico: Zinedine Zidane