Ronaldo explica: 'tive que convencer o Conselho do Cruzeiro a salvar o clube'

Divulgação/Podpah


Ronaldo Fenômeno não poupa esforços para falar sobre a situação do Cruzeiro antes de assumir a gestão do clube. Atual dono da SAF da Raposa, o ex-jogador revelou, em entrevista ao podcast 'Podpah', que precisou convencer o Conselho do time mineiro a "salvar" o clube.

- Fora todo o desafio que foi o Cruzeiro, durante todo esse ano, o princípio da SAF, toda a burocracia. Tive que convencer o Conselho do Cruzeiro para salvar o clube, porque o Cruzeiro estava realmente indo num caminho sem volta e ia desaparecer - expressou Ronaldo.

Quando perguntado se acredita que o Cruzeiro iria realmente "desaparecer" caso ele não assumisse o clube, Ronaldo demonstrou certeza sobre o difícil futuro alternativo da Raposa.

- Ia acontecer com certeza, não tinha ninguém interessado no Cruzeiro, em pegar uma dívida de R$ 1 bilhão - disse o gestor.

Ronaldo assinou o contrato de compra de 90% das ações da SAF do Cruzeiro em abril deste ano. Em seu primeiro ano como gestor do clube mineiro, conquistou o acesso para a primeira divisão do Brasileirão para a Raposa, e segue com o planejamento para a próxima temporada.

+ Diretor do Cruzeiro explica lógica financeira para 2023 e comenta posicionamento no mercado
+ Parceiro comercial do Cruzeiro promete camisa 10: 'Se precisar, eu trago'