Ronaldo aconselha Neymar sobre memes: "Tem que saber lidar"

Goal.com
Modric e Mbappé brilharam por seus clubes durante a temporada e também na Copa por suas seleções, mas o camisa 7 foi fenomenal

Após "superar" Platini e Zidane e viver ano de redenção, o super decisivo e mais completo Griezmann merece a Bola de Ouro

Modric e Mbappé brilharam por seus clubes durante a temporada e também na Copa por suas seleções, mas o camisa 7 foi fenomenal

Neymar é conhecido por seu temperamento explosivo e falta de maturidade para saber lidar com as críticas e brincadeiras por parte dos torcedores. No entanto, recebeu um conselho de Ronaldo, que por muitos anos, foi alvo por conta do seu peso acima.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

"Em relação aos memes, isso também não é novidade. Eu lembro que o Casseta & Planeta pegava no meu pé a vida toda e convivi com eles. Fui alvo a vida toda. Era maravilhoso. No início, eu também não gostava, mas depois eu percebi que a pior coisa que eu poderia fazer era ir contra eles. Eu brinquei com aquilo", disse.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Então, quer dizer, olha quanto tempo tem isso. Ele (Neymar) tem de aprender a lidar com novas situações, tem de aumentar o controle emocional dentro de jogo, porque ele comete faltas, arrisca muito levando amarelo", completou.

 

O Fenômeno ainda analisou o desempenho do craque na Copa do Mundo da Rússia e apontou que o jogador ainda tem muito tempo para evoluir e conquistar títulos.

"Eu não tenho nada em especial a dizer. A responsabilidade dele era muito grande, mas o futebol é isso, se ganha e se perde. Ele também deve pegar essa Copa do Mundo e tirar muitas lições para própria evolução dele, porque o Neymar ainda é um garoto jovem com 26 anos. De qualquer maneira, é um jovem extremamente talentoso e que carrega uma responsabilidade muito grande", concluiu.

Leia também:
Novo galáctico? Saiba a situação dos possíveis substitutos de CR7 no Real
Irmão de Marquinhos festeja vitória da França com post cheio de indiretas
Como é ser gay e morar na Rússia: Carta em primeira pessoa de um jornalista brasileiro

Leia também