Ronaldinho é detido no Paraguai por uso de suposto passaporte falso


O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Assis estão detidos no Paraguai por adentrar ao país com um passaporte falso. A informação foi reportada pela jornalista paraguaia Soledad Franco e confirmada oficialmente pelo Ministério do Interior do governo paraguaio.

De acordo com o comunicado oficial, a polícia paraguaia adentrou na suíte em que Ronaldinho estava hospedado com Assis e encontrou no local dois passaportes, supostamente, falsificados. O jogador foi encaminhado ao lado de seu irmão à uma delegacia na cidade de Assunção, capital paraguaia, para depor sobre o caso.

Vale lembrar que o passaporte brasileiro do ex-jogador foi confiscado pela justiça brasileira no fim de 2018 por uma multa ambiental no valor de 2.5 milhões de reais.

O Ministério do Interior confirmou a realização de uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira, às 8h (horário local), para falar sobre o assunto. Ronaldinho e Assis estarão presentes para prestar esclarecimentos.

Ronaldinho está em solo paraguaio para fazer ações publicitárias para o lançamento do seu livro "Gênio da vida".






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também