'Estou muito tranquilo com Messi', afirma Ronald Koeman, técnico do Barcelona

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O futuro de Messi continua incerto, mas o Barcelona trabalha para renovar o contrato do argentino. No entanto, nesta quinta-feira, o presidente da La Liga, Javier Tebas, afirmou que é "impossível que Messi siga no Barcelona se não houver saídas". Ele ainda destacou que "não se sabe" se o camisa 10 começará a temporada pelo clube catalão.

> Nasser Al-Khelaïfi completa dez anos no comando do PSG! Veja curiosidades

As palavras de Tebas foram respondidas pelo técnico Ronald Koeman, do Barcelona, ao jornal espanhol "Sport", em um torneio de golfe apadrinhado pelo holandês. Ele destacou que não ouviu as falas do presidente da La Liga, mas contou que espera poder contar com Messi na próxima temporada e que tem estado calmo.

- Estou muito tranquilo com Messi - sintetizou Koeman, ao Sport.

> Veja a tabela da Eurocopa

O contrato de Messi com o Barcelona se encerrou no primeiro dia deste mês e, assim, ele ficou livre no mercado. Apesar deste fato parecer um problema, à época já havia uma grande expectativa para que o atacante assine um novo contrato com o seu clube de coração.

Segundo alguns veículos da imprensa argentina, o camisa 10 só deve definir seu futuro após a disputa da Copa América. Messi está na final do torneio, em que enfrenta o Brasil, neste sábado, às 21h, no Maracanã, em busca de seu primeiro título com a Argentina.

De acordo com a imprensa da Catalunha, há um acordo verbal entre as partes para que o craque permaneça no Barça por mais duas temporadas, além de seguir por outros três anos como embaixador do clube. No entanto, ainda não existe um papel assinado.

Todo esse processo está se alongando mais do que a diretoria blaugrana gostaria, uma vez que o desejo era que a renovação fosse anunciada antes do término do contrato do argentino. Mas advogados e promotores de ambas as partes analisam o contrato. Segundo os jornais locais, também faltam acertar detalhes sobre os pagamentos e impostos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos