Romero provoca e diz que Adesanya 'não dorme' ao pensar em possível luta entre eles

Yoel Romero mira disputar o cinturão peso-médio do Ultimate – Diego Ribas

Yoel Romero segue na esperança de ser o próximo adversário de Israel Adesanya pelo cinturão do peso-médio (84 kg) do Ultimate. Apesar de Dana White, presidente do UFC, rechaçar essa possibilidade, o cubano crê que com um discurso provocativo ao atual campeão, possa chamar ainda mais a atenção e fazer a franquia mudar de ideia. O nigeriano ainda não tem data e nem adversário para a sua primeira defesa de título.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em entrevista à ‘ESPN’, o cubano, mesmo em uma sequência de dois combates sem vencer no Ultimate, afirmou que ainda se considera o melhor lutador da categoria. Sem se abalar com a má fase, e com a confiança em alta, Romero confia que Adesanya também tem o desejo de poder enfrentá-lo para mostrar que merece ser o dono do cinturão.

“Israel não está dormindo. Quando ele vai para a cama e deita, ele diz: ‘Eu preciso lutar com esse cara. Preciso lutar com ele porque preciso dizer para meu espírito, minha alma que sou o campeão do mundo. Porque ele sabe. O verdadeiro campeão no peso-médio todo mundo sabe quem é”, disse o lutador, completando.

“As pessoas querem ver os melhores lutando. Quem é o melhor peso médio agora? Eu luto contra todos, as melhores pessoas da minha divisão, os melhores lutadores, e os venço. Eu não perco. Eu venci todo mundo. Sinto que estou pronto para o dia que perco, porque todos têm o começo e o fim de sua carreira. Mas ainda não é meu dia. Ainda estou treinando, ainda estou com fome”, finalizou o cubano.

Em julho de 2017, Romero teve a oportunidade de conquistar o cinturão interino dos médios, mas acabou derrotado por Robert Whittaker. Após este confronto, em três combates o cubano só venceu Luke Rockhold, sendo derrotado novamente por Whittaker e na sua última apresentação, em agosto deste ano, para Paulo ‘Borrachinha’.

Leia também