Romarinho longe do Corinthians? Torcida lamenta não-retorno do ídolo

Goal.com

E mais um ídolo do passado atraiu a atenção da torcida corintiana: de acordo com informações do mundo árabe, Romarinho estaria em rota de colisão com a diretoria do Al-Ittihad, onde atua, e poderia ficar livre no mercado a qualquer momento.

Assim, obviamente, torcedores do Timão começaram a sonhar com o retorno do atacante, mas tiveram notícias tristes: a diretoria do clube não vê nenhuma chance da volta do jogador.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

De acordo com informações do site Meu Timão, Romarinho ganha na Arábia Saudita vencimentos mensais muito acima do teto salarial do Corinthians. Além disso, teriam equipes do exterior interessadas no ídolo do clube paulista.

Em grave crise financeira, o Timão não paga salários a mais de três meses e corre o risco de ver atletas do elenco entrarem na justiça contra o time. Segundo a Lei Pelé, atletas que não são pagos por no mínimo 90 dias podem conseguir a rescisão de contrato livremente. De 2019 para 2020, a dívida do clube aumentou R$ 170 milhões.

Desta maneira, parece improvável que o Corinthians vá entrar em um leilão com equipes do exterior para tentar a contratação de Romarinho. O próprio presidente do clube, Andrés Sanchez, afirmou que o jogador tem outros planos neste momento, em entrevista concedida ao Globo Esporte.

Quem não gostou nada disso foi a torcida. Ver um ídolo livre no mercado e saber que o clube não tem chances de o contratar nesse momento devido a crise financeira fez com que os torcedores do Timão pedissem a volta do jogador por salários menores ou ficassem irritados com a diretoria.

Leia também